Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Prefeitura de SP abre inscrições para acelerar negócios da periferia

Quinta edição do programa Vai Tec tem foco em negócios digitais com potencial de escala; selecionados receberão aporte de R$ 34.200

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2020 | 14h43

Estão abertas as inscrições para o programa de aceleração de negócios digitais das periferias realizado pela Prefeitura de São Paulo, o Vai Tec. Esta é a quinta edição do projeto, que já auxiliou cerca de 370 empreendedores que vivem nos extremos da capital paulista a estruturarem suas empresas. Serão selecionados 24 projetos, que receberão um aporte de R$ 34.200 cada um. As inscrições podem ser feitas no site da Ade Sampa até o dia 16 de maio. 

O Vai Tec tem duração de oito meses e conta com atividades individuais com foco em cada empreendedor, além de mentorias e capacitação em diferentes áreas da gestão de uma empresa, como gerenciamento de equipe, marketing, MVP (testes mercadológicos para o produto mínimo viável) e aspectos técnicos jurídicos. Para participar, o negócio precisa ser inovador, ter viabilidade técnica e econômica para execução e apresentar potencial de escala.

O programa de aceleração também prioriza negócios que potencializem a geração de emprego e a geração de renda dos públicos mais vulneráveis da cidade. A Jaubra, plataforma conhecida como o Uber da Brasilândia, foi uma das empresas já aceleradas pelo Vai Tec. 

Podem se inscrever no edital pessoas físicas organizadas em equipes de, no mínimo, dois membros, maiores de 18 anos e residentes nos distritos de Parelheiros, Capela do Socorro, M’Boi Mirim, Campo Limpo, Cidade Ademar, Casa Verde, Cachoeirinha, Freguesia do Ó, Brasilândia, Perus, Pirituba, Jaraguá, Santana, Jaçanã, Tremembé, Vila Maria, São Miguel Paulista, Ermelino Matarazzo, Itaim Paulista, São Mateus, Guianases, Cidade Tiradentes, Itaquera, Vila Prudente, Penha, Sapopemba, Barra Funda, Butantã, Jaguaré, Raposo Tavares e Rio Pequeno. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.