ESTADÃO PME » » notícias

Tecnologia| 14 de novembro de 2018 | 15h 02

Nova versão do Google Meu Negócio chega ao mercado

Aplicativo foi reestruturado para simplificar e agilizar a experiência dos empreendedores e ainda incentivar a presença digital dos pequenos negócios

Letícia Ginak - O Estado de S.Paulo

Simulação do novo formato do aplicativo Google Meu Negócio. Créditos: Google 

Simulação do novo formato do aplicativo Google Meu Negócio. Créditos: Google 

Nesta quarta-feira, 14, o Google disponibiliza a nova versão do Google Meu Negócio, aplicativo gratuito voltado para PMEs ligado à Busca do Google e ao Google Maps. “Por meio de feedback direto dos empreendedores usuários do aplicativo e também com pesquisas internas, trabalhamos para aprimorar as funcionalidades e atender melhor às necessidades deles. O objetivo é garantir que em poucos passos e cliques o dono do negócio consiga fazer atualizações e, com isso, ganhar mais destaque em buscas por sua marca ou pelo produto que oferece”, diz a gerente de marketing do Google Meu Negócio no Brasil,  Eloísa Campos.

A partir de hoje, a navegação é dividida em etapas. A página inicial passa a mostrar o desempenho do perfil do negócio na internet, como visualizações da empresa e a quantidade de pessoas que clicaram para ver a localização dela no Google Maps. A próxima seção é dedicada à interação entre cliente e marca, concentrando as mensagens e comentários dos consumidores. “A grande mudança que vem com a nova versão do aplicativo é que as mensagens foram integradas na ferramenta, fazendo com que o empreendedor se comunique com o consumidor em tempo real.  Na versão anterior, as mensagens chegavam para o dono do negócio via sms”, comenta Eloísa. Há ainda a seção voltada para atualizações de horário de funcionamento e descrição da empresa.

Em breve. A nova versão do Google Meu Negócio também terá a função ‘follower’, com previsão de lançamento nos próximos meses. Essa função promete aproximar ainda mais os clientes das PMEs. Por meio do Google Maps, quando o consumidor encontrar um perfil de um negócio, ele poderá clicar para ‘seguir’ a empresa e assim receber informações sobre ela. Do lado do empreendedor, ele terá a possibilidade de pensar em promoções e até divulgar novidades exclusivamente para essa lista de seguidores.

“Tanto as funções de mensagens quanto a opção de ter seguidores vêm para garantir que o dono da empresa possa ter maior interação e manter engajamento com o consumidor”, diz Eloísa. De acordo com ela, os empreendedores brasileiros estão cada vez mais adotando a ferramenta e, com isso, investindo na presença digital do negócio. “Constatamos isso pelo aumento no número de usuários do aplicativo. Em relação ao ano passado, tivemos crescimento de 32% da nossa base de usuários”, completa.

Pesquisa. Como forma de desvendar o perfil do consumidor e oferecer informações para aprimorar a presença digital das PMEs, o Google, em parceria com a Provokers, realizou uma pesquisa com 1.025 homens e mulheres entre 18 e 64 anos de todo o Brasil. Alguns resultados surpreendem: em plena ascensão do e-commerce, 80% dos entrevistados buscam encontrar produtos ou serviços em locais próximos a eles. Em relação à escolha por comprar o produto ou serviço baseado nos comentários existentes sobre o negócio, 77% leem as avaliações para decidir entre uma empresa ou outra.

“Com a pesquisa, conseguimos validar a importância da presença digital das PMEs. É fundamental que o dono do negócio esteja em constante contato com o consumidor, pois ele busca ativamente informações na internet para auxiliá-lo sobre a compra. Uma das informações que têm muita relevância é a questão dos comentários. A experiência de outras pessoas na internet tem muita importância na tomada de decisão do consumidor na era digital”, diz a gerente de Google Marketing Solutions no Brasil, Fernanda Doria.

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui