ESTADÃO PME » » notícias

| 20 de dezembro de 2018 | 6h 00

Associação Brasileira de Franquias oferecerá mentoria para iniciantes

Entrevista com André Friedheim, futuro presidente da Associação

O Estado de S.Paulo

André Friedheim (futuro presidente da ABF), Altino Cristofoletti Jr. (atual presente) e Fernando Tardioli (diretor jurídico)

André Friedheim (futuro presidente da ABF), Altino Cristofoletti Jr. (atual presente) e Fernando Tardioli (diretor jurídico)

Eleito para a presidência da ABF para o biênio 2019-2020, André Friedheim conta o que projeta para o mandato.

Quais são as suas expectativas para o setor em 2019?

Deve voltar a crescer na casa dos dois dígitos. Acho que o varejo vai ficar mais aquecido, teremos algum tipo de recuperação econômica e o apetite de novos franqueados também vai aumentar. Acho que marcas internacionais vão aportar mais no mercado brasileiro e brasileiras vão buscar mais o internacional.

Que tipo de franqueador vai sair na frente?

Eu acho que muita franquia de serviços. Na área médica, tem muita coisa. Na estética, beleza, esporte, qualidade de vida, como cuidador de idosos. Estamos passando por uma profissionalização bacana no setor.

Que mudanças pretende implementar na ABF?

O primeiro programa que vou implementar é a mentoria. A ideia é que principalmente os franqueados de menor porte, que estão começando, tenham acesso a mentores que possam dar instruções.

Alguma dica para quem pretende investir em uma franquia? Tem que fazer uma autoanálise, para entender se tem o perfil para ser franqueado. Foque em dois ou três segmentos que você tem afinidade, em que o mercado esteja crescendo, faça estudo de mercado, e o principal: converse com franqueados que já são da rede para entender o grau de satisfação com o franqueador.

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui