ESTADÃO PME » » notícias

Economia| 19 de dezembro de 2012 | 10h 29

13º salários faz pequenas empresas atrasarem pagamento a credores

Segundo a Serasa Experian, em novembro a cada mil pagamentos feitos por essas empresas a seus credores, 955 foram quitados à vista

RENANJ CARREIRA, AGÊNCIA ESTADO

Monica Bento/Estadão
Monica Bento/Estadão
Benefício complicou vida das empresas

A pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas recuou levemente para 95,5% em novembro, na comparação com os 95,7% verificados em outubro, informou nesta quarta-feira (19) a Serasa Experian. Isso significa que, no mês passado, a cada mil pagamentos feitos por essas empresas a seus credores, 955 foram quitados à vista ou com atraso de até sete dias. Na comparação com novembro de 2011 (94,8%), a pontualidade das micro e pequenas empresas avançou 0,7 ponto porcentual.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::
:: Twitter ::
 
:: Facebook ::
 
:: Google + ::


Segundo os economistas da Serasa Experian, a pontualidade das empresas geralmente diminui em novembro em relação a outubro - isso ocorreu seis vezes nos últimos sete anos - por causa da necessidade das empresas pagarem a primeira parcela do 13º terceiro salário aos seus funcionários.

"Esse fato tende a ocasionar certa dificuldade financeira àquelas empresas que não se planejaram adequadamente frente a tal desembolso, afetando negativamente a pontualidade de seus pagamentos junto a seus credores", afirmaram, em nota distribuída à imprensa.

Em novembro, o valor médio dos pagamentos pontuais recuou 0,2% em relação a outubro, para R$ 1.850. Na comparação com novembro de 2011, a alta foi de 8%. As empresas de serviços registraram em novembro o maior valor médio dos pagamentos pontuais: R$ 2.259. Em seguida aparecem as empresas comerciais (R$ 1.832) e as industriais (R$ 1.658).

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui