REUTERS/Nir Elias
REUTERS/Nir Elias

Waze quer se consolidar no Brasil com plataforma de anúncio para PMEs

Waze Local gerencia publicidade de pequenas e médias empresas com o objetivo de conectar anunciantes a consumidores

Pedro Henrique Nogueira especial para, O Estado de S.Paulo

20 de novembro de 2017 | 11h00

Aproximar pequenos negócios de potenciais clientes é o principal objetivo do Waze Local, plataforma do aplicativo Waze que gerencia anúncios de empresas em seu mapa. O usuário visualiza durante o trajeto sugerido no aplicativo estabelecimentos comerciais que estão próximos ao seu destino.

A ferramenta funciona como um outdoor digital, aumentando a visibilidade de empresas com o recurso de 'alfinetes' digitais, que disponibilizam informações sobre o estabelecimento e direcionam o motorista ao local.

Em entrevista ao Estadão, o diretor mundial de PME do Waze, Matt Phillips, destacou a facilidade para aderir à plataforma e apresentou as opções de anúncio.

 

"Para cada dólar investido, você tem mil visualizações do seu anúncio. Para empresas pequenas, você investe $ 60 (cerca de R$ 189) por mês, colocando a logomarca e endereço do seu negócio no nosso site. Para médios empreendimentos, o investimento é de $ 3 mil (R$ 9,3 mil). Nós disponibilizamos um escritório para ajudar os clientes, com soluções mais avançadas, como suporte e consultoria", explicou.

 

Pela plataforma, o anunciante pode acompanhar os dados da campanha, como engajamento e navegações. O Waze também oferece outras opções de propaganda dentro do aplicativo, especialmente em grandes cidades com engarrafamentos. É possível investir em um banner que aparece na tela do celular do motorista quando o carro está parado completamente por três segundos.

 

Somente a cidade de São Paulo conta com mais de 3,8 milhões de usuários ativos, que dirigem mais de 500 milhões de quilômetros a cada mês na região. Phillips comentou a expectativa do Waze para 2018 e ressaltou a importância do País para a empresa.

 

"Estamos em um ambiente de grande crescimento, criando e investindo tanto em produtos como em nossos funcionários. O Brasil é um dos mercados que mais cresce no Waze e é muito importante para o nosso progresso. Nós somos o sexto aplicativo no Brasil em que o usuário mais gasta tempo no telefone, com 1h34 de uso".

 

No mês passado, o Waze acertou uma parceria com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para melhorar o tráfego na cidade de São Paulo. O aplicativo tem compartilhado suas informações com a CET, com o intuito de agilizar o acionamento de agentes de trânsito para realizar ações como o desbloqueio de vias e o conserto de semáforos.

Planejamento

Para o consultor de marketing do Sebrae-SP, Cássio Ferraro, a palavra de ordem para as PMEs com a novidade é planejamento. “Quanto mais propaganda você fizer, mais o consumidor vai saber que você existe, mas a pergunta que deve ser feita é: sua empresa se enquadra nesse tipo de anúncio?”, afirma.

 

Dentre os fatores considerados importantes na avaliação, Ferraro destaca que a empresa precisa pensar em seu potencial cliente. “Quem receber a propaganda estará dirigindo, passando pelo local, então o anunciante precisa pensar em ter uma vaga de estacionamento”, diz. Se não for o caso, o consultor afirma a importância de avaliar se a região é tranquila, ou se existem outros estabelecimentos onde se possa parar o carro.

 

Além de pensar no estacionamento, outro ponto levantado pelo consultor é com relação ao posicionamento de mercado das empresas. “Ao receber a propaganda pelo aplicativo, você recebe apenas o nome do estabelecimento, então o empreendedor precisa pensar que antes de anunciar ele precisa se tornar uma marca conhecida”, afirma. “Se o cliente sabe as marcas da região, a possibilidade de virar negócio é bem maior.”

Com colaboração de Matheus Riga. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Brasil [América do Sul]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.