Você está preparado para perder o emprego para uma tecnologia que ainda não existe?

Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party, fala sobre a próxima edição do evento, empreendedorismo e, claro, sobre o futuro

DANIEL FERNANDES, ESTADÃO PME,

23 de novembro de 2015 | 08h00

O programa deste fim de semana conversou com o diretor geral da Campus Party, Tonico Novaes. O evento, que ocorre entre os dias 26 e 31 de janeiro no Anhembi, é um verdadeiro campo aberto para inovação, criatividade, ciência, entretenimento digital e, claro, empreendimento.

Tonico começa a falar sobre as novidades da Campus Party e já avisa: evento vai diminuir o Power Point e aproximar os palestrantes dos 'campuseiros'. Confira a primeira parte da entrevista.

Tonico usou o fato de que o processamento da informação hoje é cada vez maior, além da progressão das tecnologias no mundo, para justificar o espaço para debater e fomentar o empreendedorismo na Campus Party. "Tem uma pesquisa do Gartner (consultoria de tecnologia) que diz que nos próximos 20 anos, 40% dos empregos que existem hoje serão extintos por tecnologias que ainda não foram inventadas." Confira a segunda parte da entrevista

Tudo o que sabemos sobre:
ESTADÃO PME ENTREVISTACAMPUS PARTY

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.