Wilton Junior|Estadão
Wilton Junior|Estadão

Visto para startups gera expectativa

Novas regras do governo americano para empreendedores estrangeiros podem entrar em vigor ainda em julho

O Estado de S.Paulo

05 de julho de 2017 | 13h14

Os empreendedores brasileiros que desejam abrir startups nos Estados Unidos estão vivendo dias de expectativa. No dia 17 de julho, deve entrar em vigor uma nova permissão de entrada para facilitar o trabalho de empreendedores estrangeiros no país. O departamento de imigração americano (USCIS) publicou os requisitos que o candidato deve ter para alcançar o benefício, chamado de International Entrepreneur Rule.

De acordo com a Drummond Advisors, consultoria internacional para empresas brasileiras e americanas, apesar da expectativa, a novidade está gerando dúvidas até mesmo em quem nasceu e mora no país. Segundo o jornal San Francisco Chronicle, uma fonte do governo americano teria dito que a vigência dessas regras pode ser atrasada ou, em última instância, anulada. De acordo com a publicação, o presidente Donald Trump estaria planejando postergar a entrada em vigor para março do ano que vem e, neste período, poderia até mesmo anular a nova permissão de entrada.

Visto para startups. Segundo as normas do departamento de imigração americano, os candidatos podem ganhar uma autorização de entrada e atuar na expansão de suas startups nos Estados Unidos. A permissão não garante o green card, apenas abre caminho para os que não conseguiram outros vistos. 

 

Porém, não trata-se de uma missão fácil. Os candidatos devem preencher requisitos criteriosos. A empresa deve ter sido aberta nos últimos cinco anos e ainda demonstrar potencial de crescimento mediante o recebimento de investimento americano. Além disso, o beneficiário da autorização deve deter, no mínimo, 10% do negócio. 

 

Depois de aprovada, a permissão de entrada é válida por 30 meses. A autorização pode ser renovada uma única vez por mais três anos, desde que fique evidente que a startup está gerando benefícios significativos para a economia americana. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Empreendedorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.