André Lessa
André Lessa

Venda do Dia das Crianças cresce 5,91% em relação a 2010

Resultado, porém, ficou abaixo das expectativas do varejo

Agência Estado,

17 de outubro de 2011 | 14h34

As vendas na semana do Dia das Crianças deste ano ficaram abaixo das expectativas do varejo e fecharam em alta de 5,91% em relação ao mesmo período de 2010, segundo o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), esperava uma alta de 7%. De acordo com a entidade, os números deste ano indicam uma leve acomodação da atividade econômica por conta da inflação e do peso dos juros ao consumidor.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

"Ainda assim é importante ter em mente que qualquer crescimento acima de 6% sobre 2010 é positivo, porque estamos falando de um ano em que o PIB (Produto Interno Bruto) cresceu 7,5%", afirmou o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior.

Em 2010, o indicador havia registrado alta de 8,5% em comparação ao mesmo período do ano anterior. O índice de vendas do Dia das Crianças mediu as negociações realizadas entre a primeira terça-feira de outubro e o dia 11, véspera da data. 

 ::: LEIA TAMBÉM :::

:: Vendas no Dia das Crianças aumentam quase 6%, aponta Serasa ::

:: Mercado prevê aumento da inflação para o ano que vem ::

:: Um guia para o pequeno negócio faturar mais no Natal ::

:: Inadimplência dos consumidores cai pela primeira vez em seis meses ::

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.