Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Estadão
Estadão

Veja quais são as franquias que se dão bem na crise; investimento inicial parte de R$ 11 mil

Com crescimento de 1,2% descontada a inflação, resultado é o mais baixo da série mantida pela entidade do setor

Renato Jakitas, O Estado de S.Paulo,

04 de março de 2015 | 06h50

O setor de franquias, celebrado nos últimos anos como um dos investimentos mais robustos à disposição do empreendedor, sentiu o impacto do desaquecimento da economia no ano passado.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

As redes fecharam 2014 com um crescimento, descontando-se a inflação, de 1,2%. Esse é o desempenho mais tímido já capturado pela série história, que começou a ser computada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) em 2003.

A variação nominal (sem o desconto da inflação, que em 2014 foi de 6,4%) também foi abaixo dos onze anos que se tem levantados sobre o segmento, com 7,6% de crescimento, bem abaixo dos 20,7% registrados em 2012, quando o setor viveu seu ápice, ou os 10,2% do ano anterior. Em contrapartida, o número de redes franqueadores registrou crescimento de 8,8%, alcançado 2.942 empresas.

Em 2014, as redes de franquia movimentaram R$ 127 bilhões, contra R$ 118 bilhões em 2013. Os setores com melhor desempenho foram os de comunicação, informática e eletrônicos, com alta de 20,6%, seguido pelo de acessórios pessoais e calçados, com alta de 12,6%, e casa e decoração (10,6%) - sempre descontando-se a inflação.

Da mesma forma, os negócios de hotelaria, vestuário e um setor que engloba redes de esporte, beleza, saúde e lazer experimentaram retração na comparação com 2013: -6,1%, -1,4% e -1,4%, respectivamente.

Na opinião de Ricardo Camargo, diretor executivo da ABF, o desempenho não surpreende. "Na verdade, foi até bom porque o mercado reagiu um pouco no último trimestre do ano", conta ele, que coloca nas contas da Copa do Mundo e da retração no consumo o resultado tímido. "O comércio parou no período da Copa. O turismo de negócios, que é importante, também", afirma.

Luz amarela. PAra o Eduardo Luzio, Ph.D. em Economia e especialista em negócios estratégicos na área empresarial, o atual desempenho dos franchising coloca o setor sobre o estado de atenção. "Eu não indico investimentos em franquia em momentos de retração econômica", afirma o especialista.

"Uma franquia envolve um investimento inicial um pouco mais alto do que um negócio tradicional e o franqueado ainda é onerado na receita, com a taxa de royalty que é cobrada sobre o faturamento. Em um momento em que o faturamento e a rentabilidade caem, negócios tradicionais levam vantagens", opina.

Pelo sim, pelo não, veja abaixo uma lista com os setores com melhores performances em 2014 e, dentro deles, um ranking disponibilizado pela ABF com as redes com maior número de unidades franqueadas.

Comunicação, Informática e Eletrônicos

1- Ligue Site

Número de unidades: 127

Investimento total: de R$ 24 mil a R$ 56 mil

2- Guia-se Negócios pela Internet

Número de unidades: 78

Investimento total: de R$ 24,9 mil a R$ 54,9 mil

3 - Mídia Pane

Número de unidades: -

Investimento total: R$ 11 mil a R$ 32 mil

4 - Zets

Número de unidades: Não informado

Investimento total: R$ 20 mil a R$ 22,5 mil

5 - Bye Bye Paper

Número de unidades: 79

Investimento total: R$ 30 mil a R$ 65 mil

Acessórios Pessoais, Calçados

1 - Óticas Diniz

Número de unidades: Não informado

Investimento total: R$ 370 mil a R$ 520 mil

2 - Óticas Carol

Número de unidades: Não informado

Investimento total: R$ 200 mil a R$ 430 mil

3 - Chilli Beans

Número de unidades: Não informado

Investimento total: a partir de 155 mil (quiosque) e R$ 200 mil (loja)

4 - Arezzo

Número de unidades: Não informado

Investimento total: a partir de R$ 50 mil

5 - World Tennis

Número de unidades: Não informado

Investimento total: R$ 480 mil a R$ 700 mil

Casa e Construção

1 - Colchões Ortobom

Número de unidades: Não informado

Investimento total: R$ 90 mil a R$ 300 mil

2 - Multicoisas

Número de unidades: 183

Investimento total: R$ 515 mil a R$ 615 mil

3 - Imaginarium

Número de unidades: 163

Investimento total: R$ 191,5 mil a R$ 336,5 mil

4 - First Class

Número de unidades: Não informado

Investimento total: R$ 280,5 mil a R$ 340,5 mil

5 - Portobello Shop

Número de unidades: Não informado

Investimento total: R$ 560 mil a R$ 850 mil


Tudo o que sabemos sobre:
FranquiasPMERenato Jakitas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.