Vale Refeição: Líderes investem em soluções digitais

Vale Refeição: Líderes investem em soluções digitais

Setor desenvolve iniciativas para estreitar relacionamento. Alelo reforça estrutura comercial

Redação, O Estado de São Paulo

29 de agosto de 2019 | 20h06

Produtos e serviços continuam sendo os itens mais importantes para as pequenas e médias empresas na hora de escolher o seu fornecedor na categoria de vale alimentação e/ou refeição. Pelo terceiro ano consecutivo, o critério ficou em primeiro lugar na preferência, com 65% das citações, seguido por atendimento (32%) e preço (29%). 

Confira o especial multimídia com os vencedores do Escolha PME 2019

Nesta edição do Escolha PME, a Ticket (71 pontos) assume a liderança e troca de posição com a Sodexo, que agora é a segunda colocada, com 63 pontos. Alelo e VR surgem empatadas no terceiro lugar, com 59 pontos, cada. 

Todas as empresas listadas na categoria apresentaram uma queda nos índices de satisfação em relação a 2018. Apesar da diminuição nas avaliações, as companhias do setor de benefícios seguem desenvolvendo iniciativas para estreitar o relacionamento com as PMEs, tendo como foco a melhoria do atendimento, a qualidade dos produtos ofertados e a criação de soluções para facilitar a gestão do empresário. 

Pesquisas para entender o setor

Empresa mais bem avaliada em 2019, a Ticket tem realizado pesquisas com o intuito de entender o comportamento e a real necessidade do pequeno e médio empreendedor para ofertar serviços diferenciados, além de aprimorar a experiência do público em seus canais de atendimento. 

A digitalização desse atendimento é uma das formas encontradas pela empresa, presente no Brasil desde 1976, para simplificar a vida do empresário que deseja ser autossuficiente utilizando o site ou aplicativo para esclarecer dúvidas, resolver problemas e gerenciar ou adquirir benefícios. 

“Mais de 70% dos nossos clientes usam o portal ou o app para entrar em contato com a Ticket. Estamos trabalhando para desenvolver funcionalidades nos meios digitais e melhorar cada vez mais nossos processos e o relacionamento com os PMEs”, explica o diretor-geral da Ticket, Felipe Gomes. “O objetivo é prestar um atendimento eficiente para que 100% do nosso público utilize nossas plataformas digitais.”

Já a Sodexo, segundo lugar em satisfação e primeira colocada em objeto de desejo (29%), trabalha criando conteúdo digital para esclarecer as dúvidas do cliente e se aproximar do consumidor. 

“Quanto mais informação você dá, mais o cliente entende o seu produto. Isso é muito bom, porque ele tem mais elementos para entender as próprias demandas e fazer comparações de serviços, atendimento e propostas de valor”, ressalta o vice-presidente comercial da Sodexo, Jacinto Miotto.  

Ainda de acordo com Miotto, os PMEs podem acessar a empresa por telefone, redes sociais, e-mail, aplicativos de mensagens e videoconferência. “É uma forma eficiente e rápida de atendimento. O empreendedor precisa otimizar seu tempo, porque ele faz de tudo, desde as vendas para seus clientes até a administração da empresa”, avalia.

Alelo reforça estrutura comercial

Terceiro lugar no índice de satisfação, a Alelo reforçou a estrutura comercial para atender aos PMEs. Uma das novidades é poder pagar com cartão corporativo a concessão dos benefícios, garantindo mais controle na gestão de gastos com os vales. “Os PMEs têm característica de pessoa jurídica e traços de pessoa física. A linguagem precisa ser diferente e os modelos, mais simples”, diz o diretor de Marketing e Produtos da Alelo, André Turquetto.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.