Divulgação
Divulgação

Três empreendedores de sucesso opinam sobre o que é preciso melhorar no cenário empresarial

Fundadores do Peixe Urbano, LocaWeb e Portal Minha Vida discutiram sobre os negócios na internet

ESTADÃO PME,

25 de novembro de 2012 | 12h05

A vontade de abrir seu próprio negócio tem motivado muitas pessoas a empreender. Mas o que é preciso melhorar, o que está ruim no cenário atual? A pergunta foi respondida por três empreendedores de sucesso do mundo digital.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Para o fundador do Peixe Urbano, Julio Vasconcelos, um dos problemas é olhar só para o mercado brasileiro, e não pensar em como montar uma empresa de web ou tecnologia que pode ser bem sucedida no mundo inteiro.

Outro problema apontado pelo empresário é que muitos empreendedores não levam o negócio a sério. Ele cita casos em que a pessoa resolve empreender, mas continua trabalhando em outro emprego ou faz disso um hobby.

"Tem muita gente que se considera empreendedor, mas não está de fato se dedicando ao negócio. Tem mais dinheiro parado do que sendo investido porque tem muita gente meio que brincando e não levando o negócio a sério", opinou.

Já o sócio do portal de saúde e bem-estar Minha Vida, Daniel Wjuniski, chama a atenção para o empreendedor investir em capacitação e estar disposto a passar alguns anos sem ganhar salário. "Nós passamos dois anos sem nenhum investimento. Eu ganhava um salário muito menor do que eu ganhava no mercado. Foi um sofrimento muito grande até eu chegar em alguma coisa que desse retorno financeiro", lembrou.

Na avaliação de Daniel, primeiro, é preciso estar disposto a mudar o mundo. E, em segundo lugar, estar disposto e ter consciência que para chegar ao sucesso será preciso passar um bom tempo sofrendo. Isso significa passar menos horas com a família, não trocar de carro e ver o amigo da multinacional ganhando um bônus. "Temos uma bolha de empreendedores. Temos muitos empreendedores, sem que necessariamente tenham bons projetos. Isso mostra a quantidade de dinheiro no mercado que não está sendo investido", observou.

A dica de Claudio Gora, da LocaWeb, está na formação da equipe que vai tocar os negócios e a busca pela inovação. Em sua opinião, o erro está em montar uma empresa com profissionais com a mesma formação. "Um empreendedor da área de tecnologia se junta com mais três, quatro caras de tecnologia para montar uma empresa. Quando o certo na verdade é você ter três profissionais com formações diferentes", aconselha. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.