Monica Bento/AE
Monica Bento/AE

Total de títulos protestados sobe 7,3% no ano até agosto

Em agosto, o resultado apresentou queda de 1,7% ante julho e subiu 17,4% em relação ao mesmo mês de 2010

Agência Estado,

16 de setembro de 2011 | 13h44

O número de títulos protestados de pessoas jurídicas aumentou 7,3% de janeiro a agosto em todo o País, na comparação com o mesmo período de 2010. Em agosto, o resultado apresentou queda de 1,7% ante julho e subiu 17,4% em relação ao mesmo mês de 2010. Os dados foram divulgados hoje pela Boa Vista Serviços, administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC).

Na Região Sudeste, nos oito primeiros meses de 2011, o total de títulos protestados aumentou 5,9%, na comparação com o mesmo período do ano passado. Em agosto, houve queda de 7,4% ante julho e crescimento de 13,4% sobre igual mês de 2010.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

O aumento de 7,3% na média nacional foi influenciado, principalmente, pela Região Nordeste, que apresentou variação positiva de 16,7% no acumulado do ano. O Centro-Oeste também apresentou números acima da média nacional: 8,8% no acumulado de 2011.

Segundo a empresa administradora do SCPC, o valor médio dos títulos protestados em agosto foi de R$ 2.350 no País e de R$ 2.400 no Sudeste. "As incertezas no cenário externo devem continuar a influenciar as perspectivas de crescimento da economia brasileira, afetando a capacidade de pagamento e captação de recursos das empresas e podendo trazer efeitos sobre o protesto de títulos no País", afirma nota da Boa Vista.

Tudo o que sabemos sobre:
EmpresasInadimplência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.