Paulo Gindalia/Estadão
Paulo Gindalia/Estadão

Startup quer ajudar profissional a amar as segundas-feiras

Love Mondays faz parte da segunda turma da Aceleratech e participou do Demoday

Gisele Tamamar, Estadão PME,

10 de fevereiro de 2014 | 06h30

Quando chega o domingo você já começa a sofrer com a segunda-feira e com mais um dia de trabalho? Uma startup quer mudar essa situação e "ajudar os profissionais a amarem as segundas-feiras". Na plataforma chamada Love Mondays, o candidato a um emprego pode acessar avaliações da empresa feitas por funcionários de maneira anônima para saber realmente como é trabalhar no local. Assim, ele pode encontrar um emprego que ele se identifique.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O Love Mondays foi uma das dez startups que participaram do Demoday da Aceleratech nesta quinta-feira, 6, para conquistar investidores. No mês passado, a startup venceu o Latin America Startup Challenge. Em dois meses no ar, o site registrou 70 mil visualizações, 4 mil usuários cadastrados e 700 avaliações postadas. Com o investimento, a expectativa é conquistar 1 milhão de usuários e 40 clientes em 12 meses.

A startup foi criada pela brasileira Luciana Caletti e pelos irlandeses Dave Curran e Shane O´Grady quando se conheceram na Inglaterra e buscavam ferramentas que eram úteis lá fora e não existiam no Brasil. Depois de dez anos morando fora, Luciana voltou para empreender no Brasil.

Em sua apresentação no Demoday, Luciana contou que hoje não tem saber como é realmente trabalhar em uma empresa até você começar a trabalhar no local. "E se você não gostar, já é tarde demais. Isso gera funcionários insatisfeitos, baixa produtividade, alta rotatividade e altos custos de recrutamento", disse.

Diante desse problema, a startup quer ajudar os candidatos a olharem a empresa por dentro ao acessar avaliações feitas por funcionários. A empresa também tem seu espaço na plataforma, onde pode postar fotos dos escritórios, entrevistas, vídeos e vagas de emprego.

De acordo com Luciana, da mesma maneira que as empresas investem nas marcas dos seus produtos para atrair consumidores, elas também precisam investir no seu employer branding, ou seja, na sua reputação como bom empregador, para atrair talentos.

O Love Mondays aponta como diferenciais em relação aos outros sites de recrutamento o foco em candidatos que ganham acima de R$ 4 mil e o fornecimento de conteúdo diferenciado com as avaliações.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.