Reprodução
Reprodução

Startup que desenvolve carregador 24h para dispositivos móveis é destaque em premiação

Premiação contou com mais de 50 investidores-anjo, com montante de investimento em torno de R$ 500 bilhões

Estadão PME,

13 de maio de 2014 | 13h02

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), por meio da 4ª edição do Acelera Startup da Fiesp, apresentou projetos que obtêm destaque no cenário empreendedor nacional. Um deles foi desenvolvido por Júnior Valverde, de São Caetano do Sul (SP), que criou o Carrega+. Trata-se de uma empresa que pretende produzir carregadores portáteis de celulares.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

"Tenho quatro reuniões agendadas com possíveis investidores", afirma Valverde. O Carrega+ promete ter uma vida útil de até 22 horas sem conexão com fontes de energia.

Outra empresa premiada foi a Brastax, de Santa Catarina, desenvolvida por Murilo Canova Zeschau e os sócios  Lucas Marder, Juliana Pellizzaro Correia e Ariel Rinnert. O negócio tem como objetivo desenvolver tecnologias sustentáveis de saneamento para tratamento de efluentes gerados durante o abate de aves.

O processo proposto promete inovar nos métodos de saneamento, garantindo a purificação do efluente, além de gerar economia de água. Para isso é levado em consideração o uso de microalgas, que, além de sanear o efluente gerado durante o processo, serve como um aditivo natural para a alimentação de novos frangos.

O engenheiro civil Rubens Benbassat também esteve entre os primeiros colocados, com a empresa Benbassat Engenharia, de São Paulo. Ele apresentou o projeto Banheiro 360°, uma forma empreendedora de recriar com inovação banheiros e espaços físicos em residenciais compactos, hotéis, feiras e navios.

Benbassat conta que o trabalho prevê redução da área de no mínimo 20%, sem perder o conforto do usuário, que "aliás pode até tomar banho sentado". O projeto também possibilita redução de prazo e custo de construção.

 

Premiação. Organizado pelo Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) da Fiesp, o evento aconteceu nos dias 7 e 8 deste mês, na sede da federação. Foram selecionados os 200 melhores projetos, entre mais de mil inscritos, e apenas dez chegaram na final.

O evento contou com mais de 50 investidores-anjo, com o montante total de investimento disponível em torno de R$ 500 bilhões.

Somando as três edições anteriores (2011, 2012 e 2013), o evento já gerou investimentos-anjo de mais de R$ 1 milhão, segundo informa a Fiesp.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.