Reprodução da internet
Reprodução da internet

Startup cria estufa doméstica para cultivo de plantas

Lâmpadas de LED e sistema hidropônico da CounterCrop aceleram cultivo

Estadão PME,

15 de dezembro de 2014 | 07h01

Em época de supermercados e feiras de bairro, tem sido cada vez mais comum pessoas plantarem parte da comida que consomem, da folha de alface até condimentos usados como tempero em diversos pratos.

Entretanto, cultivar alimentos em casa é algo que envolve exposição solar adequada, área livre e, talvez o mais importante, tempo para se dedicar ao plantio. Sem esses três elementos é provável que a safra seja perdida.

De olho nesta demanda por cultivo caseiro, Jack Abbott, um empreendedor de San Diego (EUA), inventou uma estufa caseira que, além de reunir os elementos acima, acelera o processo de crescimento de legumes, vegetais e o que mais se queira plantar.

O nome do projeto se chama CounterCrop e está participando de uma ação de financiamento coletivo online no site Kickstarter. A meta do projeto é alcançar US$ 75 mil para entrar em produção. Até o momento, US$ 77 mil já foram arrecadados junto a 350 colaboradores.

A estufa doméstica funciona por meio de lâmpadas de LED e um sistema hidropônico que utiliza água. Um controle remoto serve para programar o equipamento, que pode funcionar por vários dias sem intervenção do usuário.

 

Tudo o que sabemos sobre:
startupestufaestadão pme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.