Divulgação/ContaAzul
Divulgação/ContaAzul

Startup ContaAzul lança serviço de emissão de boletos para PMEs

Principal chamariz do serviço está no preço, fixado em R$ 4 por documento recebido

Vivian Codogno, O Estado de S. Paulo

08 de maio de 2017 | 06h00

Pequenas e médias empresas podem agora emitir boletos sem precisar a recorrer a bancos ou instituições financeiras tradicionais. No que depender da startup de tecnologia ContaAzul, esse processo será mudado hoje mesmo, quando a empresa lança oficialmente o Receba Fácil, sistema simplificado para emissão desse tipo de documentação.

A proposta inclui pequenos negócios que não são cliente ContaAzul, que também poderão lançar mão dos boletos. O principal chamariz do serviço está no preço, fixado em R$ 4 por boleto recebido. Em caso de inadimplência do cliente, o empresário não precisa arcar com o valor. 

"Há uma tendência geral em facilitar serviços de cobrança. Colocar tecnologia nos pequenos processos prescinde envolver menos pessoas e baratear a estrutura", discorre CEO da ContaAzul, Vinicius Roveda. "A rotina de pagamentos e recebimentos é crítica para a pequena empresa. Em caso de falha, o reflexo é um problema para o fluxo de caixa", pontua ele.

A aposta de Roveda é que o agravamento da crise econômica e o aumento do desemprego, que refletem diretamente no aumento dos índices de empresas abertas, desperte cada vez mais a adesão do empreendedor a sistemas de controle financeiro simplificado, como é o caso da ContaAzul.

"Criamos uma plataforma em que o empresário consegue fazer todo o processo financeiro de forma integrada, apertando alguns botões", pontua o CEO. "Quando colocamos no papel, a conta é de uma economia de tempo de 65%", analisa. 

Financeiras. As startups financeiras, conhecidas como fintechs, têm se proliferado pelo mercado de inovação no Brasil. Levantamento realizado pelo FintechLab, segmento da agência de inovação Clay Innovation que acompanha o setor, de 60% das fintechs se concentram nos segmentos de Pagamentos, Gestão Financeira e Empréstimos e realizam serviços como a ContaAzul. 

Em menos de 1 ano, o número de fintechs cresceu de 130 para 244, crescimento de 87%. Conforme aponta o FintechLab, juntas, as fintechs brasileiras já receberam mais de R$ 1 bilhão em investimentos desde 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.