SP tem 657 mil candidatos a empreendedores. Intenção deve crescer 20% até 2012

SP tem 657 mil candidatos a empreendedores. Intenção deve crescer 20% até 2012

Conheça quais são as dicas que você precisa seguir antes de abrir um negócio próprio. Hoje e no futuro

ESTADÃO PME,

03 de fevereiro de 2012 | 08h10

 Segundo dados do Sebrae-SP, o Estado de São Paulo tem 657 mil candidatos a empreendedores - pessoas com intenção de iniciar um negócio nos próximos doze meses. E este contingente de empresários tende a aumentar, afinal, a entidade projeta que o grupo será de 787 mil pessoas em 2020, alta de 20%.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google+ ::

Para os candidatos a empresários de hoje, porém, o cenário econômico recomenda cautela. Ainda não há respostas conclusivas, por exemplo, a respeito do que será das empresas brasileiras caso a crise na Europa desembarque por aqui.

No pior cenário possível, o desemprego aumentaria, o consumo cairia e a concorrência aumentaria. Independentemente do cenário econômico, há quatro outras perguntas que qualquer empresário precisa responder: estou preparado para o risco de abrir um negócio? Este negócio combina comigo? Qual a diferença do produto ou serviço que pretendo vender? E finalmente: será que eu realmente planejei minha empresa?

>> Leia mais sobre as perguntas que você deve fazer antes de abrir uma empresa

Ainda segundo a pesquisa Cenários 2020 elaborada pelo Sebrae-SP, há 5 milhões de empreendedores em São Paulo. Em 2020, serão 6 milhões de empresários. O levantamento mostra que atualmente, no Estado, há 22 habitantes para cada micro e pequena empresa. Nos Estados Unidos, são dez para cada pequeno negócio. Em 2020, estima-se que São Paulo terá 17 habitantes para cada empresa.

As empresas do setor de serviços, até 2015, vão superar pela primeira vez as do comércio e serão maioria no total de pequenas e microempresas do Estado de São Paulo. Os negócios voltados para o ramo de serviços alcançarão 45% de participação no mercado, contra 43,1% do comércio e 11,8% da indústria.

>> Conheça como serão as pequenas empresas em 2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.