Reprodução
Reprodução

Software analisa expressão facial e interpreta se cliente gostou da promoção na boca do caixa

Sistema desenvolvido por uma startup russa cruza informações que o varejo têm do consumidor com o estado emocional que ele apresenta na hora de pagar a compra

Estadão PME,

11 de julho de 2013 | 09h12

A empresa de tecnologia Synqera, com  sede na Rússia e escritório em Nova York, criou um sistema com dispositivo de reconhecimento facial para identificar o que o cliente está sentindo no momento de pagar a conta em uma loja. O projeto está sendo testado em uma rede varejista da Rússia.

 ::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Segundo o site de tendências criativas Springwise, o softaware e o equipamento ficam no caixa e cruzam a informação com as que já têm sobre o cliente, incluindo seu histórico de compras e dados pessoais. Após essa análise, o programa  pode oferecer promoções ou descontos personalizados.

Essas ofertas podem ser feitas no próprio caixa ou depois que o cliente sai da loja, por mensagens de texto SMS, e-mail ou personalização de conteúdo no site.

A empresa,  fundada há três anos por Kirill Gorynya, o atual CEO, e com 500 funcionários, anuncia que começou um teste do sistema neste mês nas lojas Ulybka Radugi, de cosméticos e produtos de limpeza doméstica. O piloto está sendo realizado nos mais de 280 pontos de vendas que essa rede tem na Rússia. O objetivo da Synqera é ajudá-la a aumentar o faturamento médio dos produtos e  promover uma forma nova de programa de fidelidade.

O sistema, segundo a Synqera, ainda reúne informações que facilitam o planejamento de onde e como expor anúncios para melhorar a comunicação com clientes.

"Os varejistas têm procurado maneiras para incentivar os clientes a voltar, mas poucos foram capazes de acompanhar os avanços tecnológicos", diz Filipp Shubin, COO da Synqera. “Os consumidores, tipicamente mulheres, frequentemente compram cosméticos e produtos domésticos em diversas lojas e canais. A Synqera é capaz de ajudar a ajustar o processo de compra na loja que usa o sistema e melhorar a experiência de compra do consumidor."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.