Estadão
Estadão

Site de pagamento muda de nome para não ser confundido com grupo jihadista

Isis tinha o mesmo nome de organização extremista responsável por decapitar jornalistas e pela atual escalada da violência no Iraque e na Síria

Estadão PME,

04 de setembro de 2014 | 16h41

O site de pagamento virtual norte-americano Isis informou ontem, 3, ter concluiu o processo de mudança de nome para Softcard. O empreendimento, que tem investimento da gigante AT&T, tomou a decisão após a escalada de violência no Iraque e na Síria, protagonizada pelo grupo islâmico jihadista Estado Islâmico, conhecido pelas siglas Isis, em Inglês.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

""Apesar de ser uma coincidência, não temos interesse em compartilhar o nome com um grupo que se torno sinônimo de violência", informou em comunicado o CEO da empresa, Michael Abbott. A startup permite aos usuários fazerem pagamentos pelo smartphone.

O grupo jihadista é o mesmo que já executou dois jornalistas norte-americanos, mortos por decapitação. Ontem, o vídeo que mostra a morte de Steve Sotloff foi atestado como autêntico pelo porta-voz do Conselho de Segurança Nacional do Estados Unidos, Caitlin Hayden.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Estadão PMEEmpreedendorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.