Prefeitura de São Paulo/Divulgação
Prefeitura de São Paulo/Divulgação

Site da Prefeitura de SP orienta MEIs na emissão de notas fiscais eletrônicas

Plataforma traz vídeos explicativos sobre o procedimento e um passo a passo de como realizá-lo; há diferenças entre quem presta serviço e quem vende produtos

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de fevereiro de 2021 | 16h13

A Prefeitura de São Paulo lançou nesta segunda-feira, 1º, um site que ajuda os microempreendedores individuais (MEI) da cidade a emitirem notas fiscais eletrônicas. O serviço de orientação, disponível neste link, traz um passo a passo sobre o procedimento e vídeos explicativos de como realizá-lo.

A plataforma foi lançada por meio da Secretaria Municipal da Fazenda de São Paulo em parceria com a Secretaria de Inovação e Tecnologia depois de um estudo sobre as principais dificuldades dos MEIs com a emissão das notas. Todas as instruções disponíveis no site acompanham um guia detalhado e tutorias em vídeo.

Pelas regras, o MEI é obrigado a emitir nota fiscal ao realizar vendas ou prestar algum serviço para pessoas jurídicas, inclusive órgãos públicos. Já a emissão para pessoa física é opcional, a menos que o cliente exija. Uma das primeiras orientações da nova plataforma é que o prestador de serviços deve emitir as notas por meio da Prefeitura, enquanto aquele que vende produtos deve fazê-lo por meio do Governo do Estado de São Paulo.

De acordo com o Sebrae, uma das vantagens de fazer o procedimento é a oportunidade de crescer. O documento dá mais formalidade à condição do empreendedor e permite que ele realize negócios com empresas de grande porte.

A Prefeitura informou que, para criar o novo site, consultou mais de dois mil MEIs a fim de identificar as necessidades e dificuldades no processo de emissão de notas fiscais eletrônicas. Microempreendedores também foram convidados a testar algumas soluções.


Quer receber notícias e debater assuntos sobre Carreiras e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digitando @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.