Thiago Queiroz/Estadão
Thiago Queiroz/Estadão

Site criado para ajudar a organizar casamentos fatura R$ 6 milhões

No iCasei, noivos podem criar sites personalizados e administrar listas de presentes

Gisele Tamamar, Estadão PME,

01 de agosto de 2014 | 07h14

Na hora de planejar o casamento, o casal Luis e Priscila Machado teve a ideia de criar um site personalizado para colocar as informações da festa no interior de São Paulo para ajudar os convidados. A iniciativa fez sucesso e acabou se  tornando um negócio lucrativo. O iCasei existe desde 2007 e faturou R$ 6 milhões no ano passado. A expectativa para este ano é crescer pelo menos 40%.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Luis conta que a festa seria realizada no interior de São Paulo, mas sua família é da capital. "Eu precisava colocar mapas, dicas de hotel e ia ficar horrível colocar um monte de informações juntas no convite. A ideia foi colocar tudo em um site e promover uma interação entre os convidados. O piloto do iCasei foi nosso próprio casamento", conta.

Como o site fez sucesso, o casal resolveu apostar na ideia e fazer um plano de negócios. O projeto demorou um ano para sair do papel. No iCasei, os noivos podem criar sites personalizados com ferramentas para confirmação de presença e controle das listas de presentes virtuais.

Os noivos podem definir os produtos da lista e os valores dos presentes comprados são convertidos em dinheiro. Além de faturar com os planos para os sites, a empresa ainda ganha uma comissão de 1% do valor movimentado das listas de presentes e cotas de lua de mel. Por mês, o site movimenta R$ 10 milhões com as listas. 

Tudo o que sabemos sobre:
iCaseicasamentosinternetEstadão PME

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.