Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Sistema facilita a colheita do mel
Sistema facilita a colheita do mel

Sistema para colheita do mel dispensa roupa de proteção e já arrecadou mais de US$ 5 milhões

Flow foi criado por dois empreendedores da Austrália e busca apoio em campanha na internet

Estadão PME,

11 de março de 2015 | 07h11

Esqueça aquelas roupas brancas de proteção contra abelhas e todo o processo estressante para colheita do mel. Dois empreendedores da Austrália querem revolucionar esse procedimento com o Flow, um sistema que permite a colheita sem abrir a colmeia e estressar as abelhas. A ideia faz sucesso no internet e já arrecadou mais de US$ 5 milhões.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

Criado por Stuart e Cedar Anderson, pai e filho, o sistema facilita todo o processo da colheita do mel, que escorre pelas mangueiras pronto para consumo. Isso sem a necessidade de utilizar equipamentos de proteção ou perturbar as abelhas. "É muito menos estresse para as abelhas e muito, muito mais fácil para o apicultor", consta no projeto. 

No método tradicional, o profissional precisa usar roupas de proteção, utiliza fumaça para acalmar as abelhas, precisa abrir a colmeia, retirar os quadros para extrair e filtrar o mel. 

Com o novo método, o apicultor só vai precisar abrir uma torneira e esperar o mel derramar. Mas ainda precisa tomar todos os cuidados para manter as abelhas saudáveis no ninho. O sistema é composto por uma torneira ligada nos quadros de fluxo da colmeia e o mel escorre sozinho pela mangueira. A estrutura para escoamento do mel é formada pelos quadros com as células de favo de mel, em parte, já formadas.

A campanha começou no dia 22 de fevereiro no site de financiamento coletivo e já atraiu mais de 12,8 mil apoiadores que contribuíram com US$ 5,5 milhões. O projeto segue no Indiegogo até o dia 5 de abril.  

Tudo o que sabemos sobre:
melinovaçãoestadão pmeindiegogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.