Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE

Simples Nacional: projeto pode ser votado na terça

Relator, José Pimentel, diz que seu parecer mantém texto aprovado pela Câmara

Estadão PME,

15 de setembro de 2011 | 17h36

O Projeto de Lei  que altera o Simples Nacional deve ser votado na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) na próxima terça-feira (20), segundo a Agência Sebrae. A expectativa é de que a votação pelo plenário ocorra neste mês e que a lei seja sancionada ainda em 2011, segundo o relator do projeto, o senador José Pimentel. Ele adiantou que o parecer que apresentará à CAE é favorável ao texto aprovado pela Câmara dos Deputados, sem alteração. “O objetivo é que medidas importantes para as empresas entrem em vigor de imediato”, disse Pimentel.

Nesta quinta-feira (15), o senador tratou do assunto com representantes da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa no Congresso Nacional e do Sebrae. Segundo Pimentel, a ideia é fazer com que os assuntos que estavam em debate na Câmara e não foram incluídos na proposta encaminhada ao Senado entrem em um projeto paralelo.Entre os temas devem estar a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) residencial e não o comercial para empreendedores individuais que trabalham em suas residências e a entrada de novas categorias no Simples Nacional.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Entre as medidas propostas para a revisão do Simples Nacional está a ampliação em 50% das faixas do teto da receita bruta anual das empresas que optaram pelo regime tributário, o parcelamento em até 60 meses dos débitos  e um teto extra para a exportação.Questões como o aumento no teto da receita bruta anual das empresas do sistema e do Empreendedor Individual valem a partir de janeiro de 2012.

::: LEIA TAMBÉM :::

:: Aprovada MP que beneficia empreendedores individuais ::

:: Pequenas empresas terão mais estímulos ::

:: Simples: serviços, comércio e exportação serão os mais beneficiados ::

:: País deve pensar primeiro no pequeno empresário, diz Dilma ::

:: Mantega anuncia correção da tabela do Simples ::

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.