Sensor alerta dono se seu bicho está sob condições de risco
Sensor alerta dono se seu bicho está sob condições de risco

Serviço avisa usuário na hora se animal de estimação corre riscos durante viagem de avião

Medida visa baixar o índice de mortes de pets em viagens de avião a zero

Estadão PME,

18 de abril de 2015 | 07h00

Para os viajantes, bagagem extraviada ou danificada pode ser um grande inconveniente, mas se essa bagagem passa a ser a vida do seu bicho de estimação, os eventuais descuidos das companhias aéreas podem ter consequências bastante trágicas. É o caso da Delta Air Lines, que foi responsável por 51 mortes relacionadas a animais de estimação nos seus voos durante os últimos cinco anos, o índice mais elevados entre companhias aéreas.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Em um esforço para aproximar este número de zero, a companhia lança um serviço de rastreamento para que os donos possam ter a certeza de que seu animal de estimação está sendobem cuidado enquanto durar o trajeto da viagem. Conforme explica o portal Springwise, os passageiros pagam uma taxa padrão de US$ 50 e podem verificar, via rastreamento por GPS, se o pet está sendo transportado com segurança. 

O serviço, desenhado pela Sendum Wireless Corp, mantém os usuários atualizados sobre a localização, a posição e o ângulo da caixa de transporte do animal. Sensores também monitoram a temperatura do animal e seus arredores: se fica alta ou baixa demais, um alarme é automaticamente enviado para Delta, para que um membro da tripulação possa responder imediatamente.

Além de proporcionar tranquilidade para os passageiros em relação a seus animais de estimação, o serviço, que já está em funcionamento, pode inclusive ser um fator de destaque para a companhia aérea.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.