Divulgação
Divulgação

Sem conseguir trabalho, amigos com Síndrome de Down abrem pizzaria móvel

Los Perejiles prepara e serve pizzas em eventos corporativos e festas particulares na região de Buenos Aires

O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2016 | 14h03

As pessoas abrem uma empresa por duas razões: por vislumbrar uma oportunidade ou pela necessidade de trabalhar. Os jovens Mateo, Leandro, Franco e Mauricio, quatro ex-companheiros dos tempos de escola, se encaixam no último grupo. Portadores de Síndrome de Down, eles se sentiam em condições de trabalhar com qualquer coisa, mas não encontravam quem acreditasse neles. Cansados de ficar em casa, foram estudar panificação e abriram uma pizzaria móvel na cidade de Buenos Aires, na Argentina. Hoje, o negócio faz sucesso atendendo exclusivamente eventos corporativos e festas particulares. 

Batizado de Los Perejiles, a empresa foi descoberta recentemente pelos jornais argentinos. Os jovens empresários viraram personagens em veículos tradicionais como o "La Nacion" e, contam, registraram um crescimento expressivo na procura.

“A Los Perejiles começou a nascer quando explicamos para as mães desses meninos as dificuldades que eles iriam ter no mercado de trabalho. Eles seriam formados para o mercado de trabalho, mas no final acabariam sempre por ali, sem conseguir emprego", conta Telam Lopes, ex-professor dos rapazes e que colaborou no início do projeto.

Lopes conta que, sem dinheiro para divulgar a empresa, eles focaram as comunicação nas redes sociais e distribuindo panfletos nas ruas de Buenos Aires. Em dois meses, conseguiram agendar 25 eventos.

Agora, o próximo passo é conseguir montar um restaurante fixo, para anteder a demanda de final de semana.

Tudo o que sabemos sobre:
Síndrome de DownEmpreendedorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.