Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

São Paulo ocupa a 13ª posição em ranking dos locais mais propícios para startups no mundo

Pesquisa foi feita com base em alguns preceitos, como investimento disponível e inovação

estadão pme,

15 de agosto de 2013 | 09h12

 Relatório publicado pela Startup Genome em parceria com a Telefónica Digital e pesquisadores da Universidade de Stanford colocam a cidade de São Paulo na 13ª posição entre os locais no mundo mais propícios para o desenvolvimento de uma empresa desse tipo. O estudo também contou com a participação da Universidade da Califórnia.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A primeira região - e não poderia ser diferente - é o Vale do Silício, seguido pela cidades de Tel Avivi, Los Angeles e Seattle. A escolha dessas regiões foi feita com base na análise de alguns preceitos importantes, como o lançamento desse tipo de negócio, a diferenciação que eles apresentam ao mercado, a performance das companhias e o investimento disponível.

De acordo com os organizadores, o Vale do Silício ainda pode ser considerado o 'rei' do mundo das startups, mas isso não significa que ele ostentará a coroa por muito tempo - na última década, lembra o levantamento, cidades ao redor do mundo obtiveram sucesso em encubar startups e, dessa forma, criaram um ecossistema para novos empreendimentos.

Confira um infográfico com os principais resultados da pesquisa.

Tudo o que sabemos sobre:
startup

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.