Divulgação
Divulgação

Santos e deuses ganham trajes coloridos nas mãos de empreendedora

Loja virtual da Santos Deuses deve entrar no ar na segunda quinzena de fevereiro

GISELE TAMAMAR, ESTADÃO PME,

28 de janeiro de 2013 | 13h40

O Santo Antônio veste roupas floridas e o São Longuinho carrega uma bolsa de oncinha. Os santos, deuses e orixás produzidos pela empreendedora Bia Fugulin são assim, coloridos e contrastam com as roupas monocromáticas das peças tradicionais. Bia faz as peças sob encomenda, mas prepara o lançamento da loja virtual da Santos Deuses para a segunda quinzena de fevereiro.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

"Tenho um passado muito forte com o artesanato. Minha mãe sempre foi muito habilidosa e convivi com isso desde criança", conta. Mas com a rotina do trabalho, as habilidades foram deixadas de lado.

O interesse voltou quando a empreendedora fez uma viagem ao Peru, em 2011. "Vi as procissões, as imagens tão bonitas, tudo muito colorido. Como gosto de tudo ligado a fé e estava estudando sobre o assunto, voltei da viagem com a intenção de produzir algum objeto que retratasse tudo isso", afirma.

No início, Bia começou a fazer as peças para presentear amigos. Até que um deles sugeriu o envio de uma santa para a apresentadora Ana Maria Braga. "Uns dois dias depois, as santas apareceram no programa e a Ana Maria presenteou a Lília Cabral", lembra.

Com a exposição, Bia foi convidada a ensinar a técnica no programa, o que rendeu pedidos de todo o Brasil. "É uma peça que as pessoas vão olhar nas horas boas e ruins para canalizar energia. Isso para mim é o máximo", comenta. A técnica usada pela artista é decoupage com papel. As peças de 20 centímetros custam a partir de R$ 69. Já as de 30 cm custam a partir de R$ 120. A artista também faz peças em tamanhos maiores. Para não ficar restrita apenas às imagens, Bia está desenvolvendo estampas para produzir cadernos especiais.

:: Galeria de fotos da loja Santos Deuses ::

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.