Ed Ferreira/AE
Ed Ferreira/AE

Salário mínimo terá efeito positivo para a economia em 2012, diz Barbosa

Para secretário do Ministério da Fazenda, impacto do reajuste do mínimo na inflação é pequeno

Eduardo Cucolo, da Agência Estado,

06 de janeiro de 2012 | 19h53

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou que o reajuste do salário mínimo terá impacto mais positivo do que negativo para a economia brasileira em 2012.

"O salário mínimo tem um pequeno impacto na pressão inflacionária, mas ele também estimula o crescimento, estimula o investimento. O efeito líquido do salário mínimo é positivo para toda a economia", afirmou ao retornar ao Ministério da Fazenda, em Brasília.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Barbosa voltou a falar sobre o resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pela manhã. Afirmou que a alta de 6,5% em 2011 ficou dentro do projetado pelo ministério e que espera um recuo do índice de preços para menos de 5% em 2012.

"Os preços internacionais vão ter um comportamento mais favorável e isso deve reduzir a pressão inflacionária. E a gente não espera ter em 2012 alguns fatores, alguns choques que ocorreram ao longo de 2011 e foram muito fortes para a inflação, como, por exemplo, o aumento das passagens aéreas e do etanol. São fatores que não devem se repetir neste ano", disse Barbosa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.