AE
AE

Saiba quais são as dez cidades mais promissoras para abrir uma franquia

Pesquisa da consultoria Rizzo Franchise aponta ainda quais os setores com mais chance de sucesso em cada região

Ligia Aguilhar - Estadão PME,

22 de março de 2012 | 13h27

A consultoria Rizzo Franchise divulgou a pesquisa "100 melhores mercados para franquias", que aponta não só quais as cidades mais promissoras, mas também quais os negócios com mais chance de prosperar em cada localidade. O levantamento considerou nove segmentos - vestuário e acessórios, alimentação, automotivo, construção, educação, hotelaria, infantil, livraria, e saúde e beleza.

O mercado de franquias brasileiro cresceu 16,9% em 2011, alcançando um faturamento de R$ 89 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira de Franquias (ABF). A expectativa é que em 2012 cresça, pelo menos, 15%.

Confira abaixo quais são as cidades que ocupam as dez primeiras posições do ranking  e quais os setores com mais oportunidades em cada uma delas:

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google+ ::

1. São Paulo

O Estado concentra mais da metade das franquias do País (51,1%) e sua capital continua sendo uma das cidades mais procuradas para abertura de novas unidade. De acordo com o levantamento, os negócios com mais chance de prosperar na cidade são os da área de Educação e Treinamento, livrarias e do setor automotivo.  Também são boas as oportunidades no ramo infantil, hotelaria e turismo e construção e imobiliário. Um pouco mais atrás, aparecem os setores de saúde e beleza, alimentação e vestuário e acessórios.

2. Rio de Janeiro

A segunda cidade mais procurada por quem quer abrir uma franquia é também a segunda mais promissora para esse mercado, com uma concentração de 12,7% das redes, segundo a ABF. Os negócios mais promissores na Cidade Maravilhosa são:  livrarias, empresas voltadas para o público infantil e educação e treinamento. Também são boas as oportunidades para  saúde e beleza, alimentação, hotelaria e turismo.Mais atrás aparecem construção e mobiliário, vestuário e acessórios, e automotivo.

3. Belo Horizonte

A capital mineira abriga 5,8% das franquias. Os negócios mais promissores na cidade são os dos ramos de saúde e beleza, hotelaria e turismo e  educação e treinamento. Na sequência, aparecem os ramos de  livrarias, infantil, automotivo, vestuário e acessórios, construção e mobiliário, e alimentação.

4. Brasília

A capital brasileira concentra hoje 1,7% das redes de franquias. E até pela própria característica da cidade, o setor de Hotelaria e turismo aparece em destaque como o mais promissor. Na sequência aparecem educação, construção e mobiliário, saúde e beleza, automotivo, alimentação, vestuário e acessórios, infantil e livrarias.

5. Porto Alegre

A cidade abriga 4,7% das franquias brasileiras e reserva boas oportunidades para quem quer empreender no setor automotivo. Os demais segmentos de destaque são hotelaria e turismo, educação e treinamento, infantil, vestuário e acessórios, alimentação, saúde e beleza, livrarias, e construção e mobiliário.

6. Curitiba

O Paraná é hoje o terceiro Estado com mais redes de franquias, totalizando 8,2% das redes. Em Curitiba, a principal oportunidade do setor está no ramo de automóveis. Na sequência, aparecem os setores de hotelaria e turismo, construção e mobiliário, livrarias, infantil, saúde e beleza, vestuário e acessórios, educação e treinamento, e alimentação.

7. Salvador

Sede de 1,7% das redes de franquias do País, a Bahia tem em sua capital, Salvador, uma das cidades mais promissoras para o ramo. Fazendo jus ao perfil da cidade, o setor de hotelaria e turismo aparece como o mais próspero, seguido por vestuário e alimentação, automotivo, educação e treinamento, saúde e beleza, livrarias, alimentação, construção e mobiliário e infantil.

8. Fortaleza

O Ceará é endereço de 1,9% das redes de franquias. Apesar de ser uma cidade com perfil turístico, em Fortaleza as principais oportunidades são para a abertura de livrarias. Na sequência aparecem o setor automotivo, hotelaria e turismo, saúde e beleza, vestuário e acessórios, educação e treinamento, construção e mobiliário, alimentação e infantil.

9. Campinas

É a segunda cidade do Estado de São Paulo a aparecer na lista. Na região, as melhores oportunidades são para os setores de educação e treinamento, livrarias e automotivo. Na sequência aparecem os segmentos infantil, hotelaria e turismo, construção e mobiliário, saúde e beleza, alimentação e vestuário e acessórios.

10. Goiânia

Goiás é sede de 1,3% das redes de franquias. Em Goiânia, as melhores oportunidades são para quem vai investir nos ramos de automóveis, hotelaria e turismo e educação e treinamento. Na sequência aparecem os setores de saúde e beleza, construção, vestuário e acessórios, livraria e alimentação 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.