Monica Bento/AE
Monica Bento/AE

Saiba as novas taxas de juros para empresas após a redução da Selic

Empresário deve pensar bem antes de pedir crédito: juros continuam altos

estadão pme,

20 de outubro de 2011 | 08h36

O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu na quarta-feira reduzir a taxa básica de juros, Selic, em meio ponto porcentual - de 12% ao ano para 11,5% ao ano. Com isso, as taxas médias praticadas pelas instituições financeiras para as empresas também devem sofrer quedas. De acordo com a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), o empresário interessado em contratar m empréstimo por meio do capital de giro passará a pagar juros de 2,75% ao mês (38,48% ao ano).

No caso da modalidade desconto de duplicata, as taxas médias que  os bancos cobrarão será de 305% ao mês (43,41% ao ano). Mas apesar da redução anunciada pelo governo nesta semana, o empreendedor - sobretudo o dono de uma pequena e microempresa - deve mesmo fugir da conta garantida. Esta modalidade continua a ser extremamente custosa para o empresário: 5,98% ao mês e 100,76% ao ano, mesmo com a redução da Selic.

Segundo o coordenador do Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios da FGV-EAESP, Tales Andreassi, o crédito no Brasil é muito caro e as empresas, sobretudo as abertas recentemente, não conseguem acesso a uma linha adequada e acabam usando opções caras, justamente como a conta garantida - espécie de cheque especial do empreendedor.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

É deste tipo de crédito que o dono de uma pequena empresa deve fugir.

O emprário que pensa em tomar dinheiro emprestado pode, portanto, adotar uma regra básica antes de procurar uma instituição financeira. De acordo com o especialista da FGV, as empresas devem recorrer à linhas de crédito para a aquisição de insumos e equipamentos, enquanto o capital de giro deve sair da receita do negócio. Já as despesas pessoais não devem - nunca - sairdo caixa da empresa.

::: LEIA TAMBÉM :::

:: ESPECIAL: Acompanhe o sobe e desce dos juros ::

:: ESPECIAL: Calcule o valor atual da sua dívida ::

:: SERVIÇO: Onde conseguir dinheiro para sua empresa ::

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.