RH online pode ser estratégico

RH online pode ser estratégico

Fornecedoras ajudam a evitar acúmulo de tarefas; há espaço para mais marcas

Tulio Kruse, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2018 | 22h16

Em uma pequena ou média empresa, é comum haver acúmulo de tarefas, atribuídas a vários departamentos. Isso pode ocorrer em áreas tão estratégicas quanto a de Recursos Humanos. Para quem quer contratar com rapidez, os sites especializados em recrutamento podem ser decisivos.

Os maiores fornecedores desse serviço contam com departamentos dedicados às PMEs, que costumam ter necessidades bem diferentes das de grandes empresas. A customização de serviços, como a construção de um banco de currículos, e a possibilidade de filtrar candidatos pelas competências requeridas para vagas estão entre as opções disponíveis. 

A pesquisa 2018 mostra que há espaço para que os sites de recrutamento consolidem suas marcas no segmento e se tornem mais conhecidos das pequenas e médias. Mais da metade das PMEs (54%) não sabem dizer com qual fornecedora gostariam de trabalhar da categoria site de recrutamento.

InfoJobs e Vagas.com oferecem customização

Serviços de qualidade e bom portfólio de produtos são os critérios mais importantes no índice de satisfação na categoria site de recrutamento, segundo os pequenos e médios empresários ouvidos. A customização é um ponto em comum na oferta das fornecedoras mais bem avaliadas. 

A InfoJobs oferece o auxílio de consultores às PMEs que cadastram vagas disponíveis. A recrutadora informa que 60% de sua estrutura é dedicada à área de pequenas e médias. “Isso faz com que as empresas utilizem e tenham sucesso com as nossas soluções”, afirma a diretora da InfoJobs no Brasil, Ana Paula Prado. “Apesar de o mercado estar em constante mudança, estamos atentos às demandas e nos adaptando aos diferentes contextos.”

Na Escolha PME 2018, a InfoJobs aparece, com 75 pontos, no primeiro lugar da categoria. Em 2017, a fornecedora obteve 25 pontos a menos e ficou em segundo lugar.

Neste ano a vice-liderança coube ao Vagas.com, com 72 pontos. De acordo com dados do site, cerca de metade de seus clientes são pequenas e médias. Para esse público, um dos principais serviços disponíveis é a criação de um banco de currículos próprio, com candidatos que tenham as características e habilidades desejadas. “Acreditamos que essa facilidade tem muito valor para as PMEs”, diz a especialista em Marketing do Vagas.com, Cristina Degani.

Para as pequenas empresas do setor de varejo, há uma modalidade no site que considera o endereço da empresa e do candidato para sugerir as combinações mais adequadas. Profissionais que moram a até dez quilômetros têm preferência. “Fazemos um ranking no qual a proximidade é muito importante, porque essa é uma grande necessidade dos pequenos comerciantes”, diz Cristina.

Soluções além da contratação

Em primeiro lugar como objeto de desejo, com 17%, mas em terceiro no índice de satisfação (65 pontos), a Catho vem investindo na diversificação de suas ferramentas digitais. “As soluções abrangem todo o processo de gestão de pessoas, desde a contratação à definição dos salários adequados, passando pelo treinamento dos profissionais até o apoio à recolocação, em caso de saída de funcionários”, explica o diretor de Operações da Catho, Fernando Morette.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.