Reprodução Site
Reprodução Site

Restaurante usa QR Code comestível para informar origem do sashimi

Código é feito de papel de arroz e tinta a base de água

ESTADÃO PME,

26 de julho de 2013 | 06h30

Você já ficou na dúvida sobre a procedência do peixe cru que você comeu no restaurante japonês? Ou se preocupa com a pesca predatória? Para dar mais transparência sobre a origem do alimento, o restaurante Harney Sushi, nos Estados Unidos, serve o prato com QR Code (código de resposta rápida, da sigla em inglês).

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + :: 

O código, feito de papel de arroz e tinta a base de água, é comestível. O cliente pode fazer a leitura do código por meio da câmera do smartphone e ter acesso às informações sobre a origem do peixe, quem o pescou e se a espécie está ameaçada de extinção. A ação tem como objetivo aumentar a conscientização em torno da prática de pesca sustentável.

De acordo com o site Springwise, plataforma criada para captar e replicar boas ideias de empreendimento ao redor do mundo, os QR Codes fazem parte de uma tendência crescente de transparência em toda a indústria de alimentos. A transparência sobre a procedência dos alimentos podem ajudar a ganhar a confiança dos consumidores e consequentemente elevar as vendas do restaurante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.