Restaurante na China promete comida de graça para beldades e gera polêmica

Estabelecimento de Zhengzhou determina a conta dos consumidores em função de quão atraentes eles são

Estadão PME,

15 de janeiro de 2015 | 10h18

 Um restaurante no centro da China está oferecendo refeições gratuitas aos seus clientes mais atraentes. A curiosa promoção do Jeju Island, especializado em comida coreana, contempla as 50 primeiras beldades que passarem pelo local.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Em uma sala do estabelecimento, um corpo de jurados formado por cirurgiões plásticos avalia a qualidade dos rostos, olhos, narizes e bocas dos clientes antes de dar o veredicto que lhes dá direito - ou não - a comida grátis. Testas salientes são uma vantagem particular, de acordo com os critérios de avaliação.

A ação promocional tem gerado uma polêmica entre as autoridades locais, que acusaram a iniciativa de danificar a imagem da cidade e que o restaurante não tinha permissão oficial para fazer a promoção.

Na última terça-feira (13), equipes de segurança foram ao restaurante com máquinas de demolição para remover o chamativo cartaz da promoção que fica do lado de fora do restaurante que diz: "Comida de graça aos atraentes".

Xue Hexin, a gerente do estabelecimento, prometeu que, apesar da polêmica gerada pela ação de marketing, as refeições gratuitas continuariam sendo servidas.

"Seremos mais prudentes com nossa publicidade no futuro", disse ela. "Mas a promoção vai continuar, apesar da demolição do nosso sinal", finalizou.

Tudo o que sabemos sobre:
ComidaChinaPublicidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.