Divulgação
Divulgação

Restaurante entrega lanches pedidos pelo consumidor na mesa a 140 quilômetros por hora

C1 café, da Nova Zelândia, usa sistema de tubos pneumáticos que ligam cozinha a cada uma das mesas

Estadão PME,

21 de janeiro de 2014 | 17h50

 Um restaurante neozelandês utilizou uma antiga forma de trocar mensagens e pacotes em bancos, os tubos pneumáticos, para entregar os pedidos na mesa dos seus clientes. A ideia, retirada do série animada Futurama, faz os lanches chegarem aos consumidores a 140 km/h.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

"Queríamos fazer algo memorável", afirma Sam Crofskey, dono do C1 Cafe. Primeiramente, o sistema de tubos levava apenas os pedidos das mesas para a cozinha. Agora, Crofskey implantou canos mais largos para entregar os pedidos dos clientes. Cada vasilhame usado na entrega comporta até três lanches e batatas fritas.

O sistema pneumático ainda foi pensado para fazer a velocidade da 'entrega' diminuir antes de chegar em cada uma das seis mesas. Senão os três sanduíches iriam virar apenas um.

Veja o vídeo:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.