Divulgação
Divulgação

Relógio inteligente monitora pacientes de epilepsia

Projeto da empresa Empatica utiliza sensores de stress corporal para coletar dados e emitir sinais de ajuda

Estadão PME,

25 de novembro de 2014 | 07h07

 Com a popularização dos dispositivos chamados vestíveis (ou wearables, no termo em inglês), cresce cada vez mais o número de aplicações e setores que passaram a explorar estes aparelhos comercialmente. 

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Uma das áreas onde o uso dos vestíveis é mais promissor é a da saúde. De olho em oportunidades neste setor, a empresa Empatica desenvolveu o Embrace, um relógio projetado para registrar atividades de pessoas que sofrem de epilepsia e ajudá-las a receberem cuidados.

O relógio possui três sensores que ficam em contato com a pele e são capazes de identificar se a pessoa está passando por um eventual ataque. Quando isso acontece, o dispositivo envia uma mensagem de socorro a um aplicativo que é instalado no smartphone de um responsável pelo usuário.

Para entrar no mercado, o Embrace é foco de uma companha de crowdfunding na internet e já arrecadou quase US$ 145 mil em menos de um mês. A meta era US$ 100 mil. Com escritórios na Itália e nos EUA, a Empatica trabalha em parceria com institutos de ensino como o Massachusetts Institute of Technology (MIT) e já atendeu empresas como Sony e Intel.

"Temos trabalhado há muitos anos em dispositivos que trabalham com dados gerados por stress corporal. Hoje, nenhum aparelho do mercado consegue fazer isso. Muitos podem se beneficiar desta tecnologia", conta Simone Tognetti, diretor de Tecnologia da Empatica.

Veja as aplicações do Embrace:

Tudo o que sabemos sobre:
EmbraceEmpatica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.