Reprodução
Reprodução

Rede TNG se prepara para expandir por franquia

Pesquisa mostra que marca tem potencial para ter 450 unidades no Brasil

Gisele Tamamar, Estadão PME,

28 de março de 2014 | 14h26

A estruturação de um projeto de franquia faz parte dos planos da TNG, que a partir de 2015 deve começar a se movimentar nesse sentido, justamente para bancar um vigoroso plano de expansão, que prevê duas vezes mais o número de lojas no Brasil.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Nesse sentido, a rede acaba de finalizar uma consultoria que, segundo o fundador Tito Bessa Jr., conclui que a marca tem espaço para 450 unidades e presença em até 1,5 mil pontos de venda multimarcas (atualmente são 178 lojas e produtos em 800 pontos).

:: Leia também ::

"Eu sempre sonhei alto", diz o fundador da rede TNG

“Tenho inaugurado de oito a dez lojas nos últimos anos. Com o trabalho de consultoria, estamos repensando se vamos continuar dessa forma ou se vamos aumentar essa agressividade”, diz o empresário, que hoje tem todas as lojas próprias. Enxergo as franquias como uma força muito grande. Vamos começar a pensar nisso em 2015”, contou.

A marca, aliás, já chegou a operar com o modelo no passado, sem sucesso. “Temos muitos interessados em investir em franquia. Mas hoje só fazemos o cadastro. Já tentei franquia uma vez, há muitos anos, mas acabei comprando todo estoque e pagando um valor para indenizar. Não estava preparado”, confessa.

Quanto à internacionalização, Tito diz que ela não está nos planos da marca. “Não dá nem para pensar. É outra legislação, outro consumo, outra cabeça. Para que vamos querer internacionalizar? Já será difícil fazer esse crescimento.” Sobre a entrada de investidores, Tito contou que já foi procurado e participou de algumas conversas. “Fazer um movimento nesse sentido, não necessariamente com um fundo, é inevitável”, disse.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Estadão PMEEncontro PMETNG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.