Divulgação
Divulgação

Rede faz sucesso com sorvetes típicos do México

Picolé maior que os tradicionais e recheado ganha espaço no País

ESTADÃO PME,

26 de janeiro de 2014 | 11h47

 Produzir sorvete italiano no Brasil provou-se uma boa aposta de negócio. Mas e fazer sorvete mexicano, as conhecidas paletas. Um negócio que começou em 2012 em Curitiba, no Paraná, mostra que o mercado brasileiro para sorvetes parece, ainda repleto de oportunidades.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Los Paleteros, a marca por trás da empresa, faz paletas - típicos sorvetes mexicanos de frutas. Eles são maiores que os picolés tradicionais do País e possuem recheio. A empresa vende, por exemplo, sorvete de morango com recheio de leite condensado, paçoca e até o sabor Jamaica, feito com base em um doce de framboesa.

A primeira loja da marca começou a funcionar em Balneário Camboriú e desde então passou a chamar a atenção de interessados em franquias, modelo adotado pelo empreendimento para expandir a proposta de vender sorvetes mexicanos. De acordo com os sócios da marca, Gilberto José Verona Filho e Gean Francesco Derosso Chu, o mercado de sorvetes cresceu 70% nos últimos cinco anos e deve ainda expandir outros 24% nos próximos quatro anos. 

Atualmente, a Los Paleteros investe R$ 9,5 milhões na construção de uma fábrica na cidade de Barracão, no Paraná. A nova fábrica terá 4,5 mil metros quadrados. 

Para quem ficou interessado em uma franquia, as informações (Loja)

Taxa de franquia: R$ 70 mil

Equipamento: R$ 200 mil

Estoque inicial: R$ 40 mil

Capital de giro: R$ 75 mil

Área (m2): 80 metros quadrados a 120 metros quadrados

Marketing: 2% sobre o faturamento

Royalties: 8% sobre o faturamento

Retorno do investimento: de 12 a 24 meses

Tudo o que sabemos sobre:
SORVETE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.