Divulgação
Divulgação

Rede de lanchonetes está de olho nas impressoras 3D e estuda colocá-las em suas lojas

Proposta seria usar a tecnologia para a impressão dos brinquedinhos do McLanche Feliz

DANIEL FERNANDES, ESTADÃO PME,

08 de novembro de 2013 | 09h24

 As impressoras 3D estão prestes a dominar o mundo. Pelo menos é essa a impressão que temos quando nos deparamos com uma série de iniciativas ao redor do mundo, a maioria capitalizada por startups, que pretendem dar os mais variados fins para esse tipo de tecnologia.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Mas não são apenas as pequenas empresas que estão de olho neste mercado. Grandes empresas também o estudam. E o exemplo mais recente é a gigante do fast food McDonald's. Não, eles não pretendem imprimir os lanches vendidos aos consumidores. Mas os brinquedos que acompanham o McLanche Feliz.

Mark Fabes, diretor de TI da rede de lanchonetes, afirmou durante um evento em Munique, na Alemanha, que a companhia estuda usar nas lojas uma impressora 3D capaz de imprimir os brinquedinhos para a criança na hora em que ela solicita o produto - e para o caso dela não gostar daqueles brinquedos à disposição.

::: Leia também :::

Sensor 3D ajuda deficiente visual

Imprima até os seus pensamentos

Iphone se transforma em câmera 3D

Que tal imprimir a sua refeição

Análise. A tecnologia de impressão 3D merece toda a atenção dos empreendedores, que podem usar a tecnologia para desenvolver novas empresas ou até mesmo para descobrirem novos mercados. É por isso que a declaração de um executivo de uma grande rede de restaurantes do mundo deve chamar a atenção do empresário. O futuro pode estar, realmente, no 3D.

Tudo o que sabemos sobre:
tecnologia3d

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.