Reuters
Reuters

"Queremos ser maiores do que o Walmart", diz fundador do Alibaba

Jack Ma quer que sua empresa se torne referência mundial

Estadão PME,

22 de setembro de 2014 | 15h06

Na sexta-feira, dia que o Alibaba Group abriu seu capital e atingiu uma alta de 38%, seu fundador Jack Ma afirmou: "queremos ser maior do que o Walmart". A declaração foi dada em entrevista à rede norte-americana CNBC. "Nós esperamos que em 15 anos, as pessoas digam que essa é uma empresa como a Microsoft, IBM, Walmart. Elas mudaram, modelaram o mundo", completou.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

E essa parece ser uma meta em toda a organização. De acordo com o site da Forbes, o presidente-executivo da empresa, Jonathan Lu, comentou em outubro do ano passado que o Alibaba deve se tornar a maior rede de varejo do mundo até 2016.

No primeiro dia de negociações, as ações fecharam cotadas a US$ 93,89, uma alta de 38% em comparação aos US$ 68 estabelecidos na oferta pública inicial da companhia (IPO). Com isso, a empresa levantou US$ 21,8 bilhões em seu IPO – o maior da história dos Estados Unidos.

Ma cresceu na cidade de Hangzhou, leste da China. De acordo com matéria publicada no Estado,  ele começou a gostar de inglês e pedalava sua bicicleta até o hotel Hangzhou para praticar com turistas estrangeiros, experiência que ele diz ter aberto sua mente para um mundo mais amplo.

O Alibaba foi fundado em 21 de fevereiro de 1999. Além do e-commerce para consumidores e empresas, o grupo oferece serviços de computação em nuvem, entrega e meios de pagamento. 

Tudo o que sabemos sobre:
Jack MaAlibabaIPOWalmartEstadão PME

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.