Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Quarta edição do programa Vai Tec acelera 24 negócios da periferia

Inscrições foram prorrogadas até 21/4 para projeto que dura seis meses e termina com aporte de R$ 33 mil para cada um dos negócios

Letícia Ginak, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2019 | 15h01

Atenção jovens empreendedores das periferias da cidade de São Paulo que buscam alavancar seus negócios: foi prorrogado do sábado 6/4 para o dia 21/4 o prazo de inscrições para a quarta edição do Programa de Valorização de Iniciativas Tecnológicas, o Vai Tec.

A iniciativa da Agência São Paulo de Desenvolvimento (ADE Sampa), vinculada à Secretaria Municipal do Trabalho e Empreendedorismo, selecionará 24 negócios para o programa, que tem seis meses de duração e conta com aceleração, mentorias, oficinas de capacitação, rede de conexão com outros empreendedores e, por fim, um aporte de R$ 33 mil para cada uma das empresas selecionadas.

Entre os temas abordados durante a aceleração do Vai Tec estão conceitos técnicos, jurídicos, mercadológicos e habilidades como testes de solução, pesquisas de mercado, gerenciamento de equipes, canais de clientes, marketing e tecnologias. Os jovens empreendedores também contarão com assessorias personalizadas de acordo com a necessidade do negócio.

Para participar do Vai Tec, o negócio precisa ser inovador, ter viabilidades técnica e econômica e apresentar potencial para se desenvolver. Não há restrições de áreas de atuação. O público-alvo são jovens com mais de 18 anos e moradores de locais que precisam de suporte para manter negócios sustentáveis e gerar renda imediata.

A prioridade da seleção será para projetos de regiões localizadas nos extremos da cidade, principalmente nas zonas leste (bairros como São Miguel Paulista, Ermelino Matarazzo, Itaim Paulista, São Mateus, Guaianases, Cidade Tiradentes, Itaquera, Vila Prudente, Penha e Sapopemba), sul (Parelheiros, Capela do Socorro, M'Boi Mirim, Campo Limpo e Cidade Ademar ) e norte (Casa Verde, Cachoeirinha, Freguesia do Ó, Brasilândia, Perus, Pirituba, Jaçanã e Tremembé).

As inscrições são feitas pelo site do programa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.