Estadão
Estadão

Quanto menor, melhor

Tendência da categoria é reduzir os periféricos

Estadão PME

30 de maio de 2016 | 05h00

Apostar na tecnologia como uma das forças motoras para o crescimento do setor PME não é apenas uma tendência, mas uma realidade imutável. Por isso, com tantos ‘players’ disponíveis para o pequeno e médio empreendedor, as empresas que apostam em desktops têm desenvolvido cada vez mais planos estratégicos específicos para o segmento. De acordo com a pesquisa, a liderança na categoria ficou com três gigantes: HP, Dell e Samsung, que se revezam, ainda, na lista de marcas que figuram entre os principais objetos do desejo dos empreendedores.

Vale lembrar ainda que é a qualidade dos produtos, e não o preço, o principal atributo de escolha dos empreendedores – no momento da compra, eles levam em consideração, ainda, o suporte técnico (agilidade no atendimento) e a imagem da companhia, ou seja, qual é a sua reputação no mercado.

HP acredita no ‘pequeno e funcional’

Com uma estrutura robusta e já madura para o atendimento ao segmento de PMEs, a HP planeja ser parte do desenvolvimento  e crescimento das empresas,  com maior  aproximação deste mercado por meio de patrocínios de eventos dedicados ao setor. 

Renato Barbieri, diretor de vendas da HP Inc. do Brasil, aponta outras iniciativas da empresa para manter o primeiro lugar no índice de satisfação dos PMEs. “Apoiamos iniciativas de mercado,  inserimos novas plataformas de produtos desenhados para atender a este mercado, provemos parcerias com outros provedores de tecnologia e inovação na forma de atender e servir, como por exemplo formas de pagamento diferenciadas”, avalia o executivo.

Essas ações tem como alicerce principal a linha lançada pela HP chamada de Mini Desktops, que atende uma das necessidades mais urgentes dos PMEs: a falta de espaço. “Como os espaços estão ficando menores e cada vez mais caros, a tendência dos desktops é de miniaturização.” 

Dell figura como ‘objeto do desejo’

A oferta de soluções para o segmento de pequenas e médias empresas representa uma parte importante dos resultados da Dell no Brasil e no mundo. A empresa foi a segunda colocada na pesquisa ‘Escolha PME’ com índice de satisfação de 84,2. Segundo Rosandra Silveira, diretora executiva para consumidor final e pequenas empresas da Dell Brasil, o setor representa um pilar fundamental na estratégia de crescimento da multinacional. 

“A empresa está comprometida em oferecer tecnologias e serviços cada vez mais adequados às necessidades e expectativas desses clientes com o intuito de obter não só a liderança de vendas de hardware e software para esse mercado, mas principalmente ter o mais alto índice de satisfação dos clientes”, afirmou a executiva. 

Mesmo não ocupando a primeira colocação, a marca terminou a pesquisa como o principal objeto do desejo dos empreendedores pesquisados pelo Estadão PME. A terceira colocada no levantamento – a Samsung – atingiu índice de satisfação de 77,9. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.