Cerveja 'Inocente' leva nome de líder do É o Tchan
Cerveja 'Inocente' leva nome de líder do É o Tchan

Pub de Salvador lança cerveja do Compadre Washington

Artesanal 'Inocente' será lançada na terça-feira e segue estratégia já consagrada por bebida em homenagem a humorista

VIVIAN CODOGNO, O ESTADO DE S. PAULO,

03 de julho de 2015 | 10h18

Pau que nasce torto nunca se endireita. Mas pode virar, quem sabe, uma cerveja. Essa é a aposta do Rhoncus Pub & Beer Store, de Salvador, que lança na próxima terça-feira, 7, um rótulo inspirado em um dos ícones da música soteropolitana: Compadre Washington, líder da banda É o Tchan. Em uma parceria com a cervejaria Hoffen, do interior de São Paulo, o empresário Guilherme Paupério investiu R$ 2 milhões para licenciar e produzir a pilsen 'Inocente'.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A partir de uma mistura do Brasil com a Inglaterra -- e não com o Egito, como reza uma das letras mais contempladas da banda --, Guilherme e mais dois sócios se arriscaram há um ano na empreitada de criar um pub com inspiração europeia na capital do Carnaval. Logo chegaram à conclusão de que o consumo de cerveja artesanal aliada ao blues e ao rock'n'roll proposto por eles precisava de uma identificação mais contundente com o público local para vingar.

"Precisávamos de uma figura de identificação local, porém com abrangência nacional. Pensamos inicialmente em localizações, como Pelourinho e Elevador Lacerda. Mas queríamos algo mais alegre, que representasse a irreverência, que é DNA da Bahia", explica o empresário, que trabalha atualmente com cerca de 250 rótulos.

Com o slogan "essa é danada, mas não é ordinária", a equipe concebeu a Inocente. O primeiro lote da cerveja terá 40 mil litros, o equivalente a 66 mil unidades de 600 mililitros. A distribuição pretende ser nacional e vai envolver capitais como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Recife. O valor pode variar entre R$ 22 e R$ 24, de acordo com a região.

Guilherme, um gaúcho que decidiu se arriscar em terras baianas mas mantém um discreto sotaque do sul, acredita que o consumo da cerveja artesanal tem boas perspectivas de expansão no Nordeste. "O público da cerveja especial aqui é o curioso, e o produto tem sido bem recebido. Mas ainda há muito espaço para conquistar", reflete.

Homenagem. Desde 2013, o humorista Mussum estampa o rótulo da cerveja criada por um dos seus filhos, Sandro Gomes, com mais dois empreendedores: Diogo Mello e Leonardo Costa. A Biritis foi lançada em agosto de 2013 e a Cacildis começou a ser vendida no ano seguinte. 

"Mais que uma cervejaria divertida e com a alma do Rio de Janeiro, este é um projeto feito com o carinho, a atenção e o cuidado de um filho em forma de homenagem ao seu pai, um dos maiores apreciadores de cerveja e um dos artistas mais queridos da história do Brasil", informa a página da Brassaria Ampolis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.