Reprodução do site
Reprodução do site

Programador abandona o emprego e vai morar em floresta para preparar e lançar sua startup

Thomas Backlund preparar projeto para tornar popular o desenvolvimento de softwares

ESTADÃO PME,

11 de junho de 2013 | 11h20

 Thomas Backlund fez o que muitas pessoas, no Brasil e em todo mundo, resolvem fazer. Pediu demissão para empreender. Mas ele fez isso de uma maneira bastante radical. Thomas não apenas abandonou o emprego, mas também saiu do apartamento em que morava e mudou-se para uma floresta na Suécia. É de lá que ele pretende desenvolver e lançar sua startup no mercado.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Thomas criou uma página na internet para relatar a sua experiência. O primeiro post é praticamente uma declaração de independência do mundo como o conhecemos. Ele relata:

'Eu larguei meu emprego. Eu abandonei meu apartamento. 7 de maio: eu estou me mudando para uma floresta na Suécia para viver e trabalhar em uma tenda. Eu não sei por quanto tempo. Lá, vou trabalhar na minha ideia de startup. Eu tenho um laptop, um conjunto de baterias, células solares e internet móvel. Fique conectado.."

Thomas escreve para relatar que o blog serve para relatar as aventuras empreendedoras de um programador sem-teto vivendo na floresta.

De acordo com o site da revista Fast Company, Thomas trabalha em um projeto capaz de levar o 'desenvolvimento de softwares para as massas'. É acompanhar (o blog) e esperar para ver qual é essa inovação.

Tudo o que sabemos sobre:
inovarinovaçãonovos negócios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.