Leo Martins/Estadão
Leo Martins/Estadão

Programa incentiva universitários a criarem soluções inovadoras

Com inscrições abertas até 25/10, Red Bull Basement selecionará jovens de todo o mundo com projetos que usem tecnologia para resolver questões como acessibilidade e saneamento

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de setembro de 2020 | 09h31

A Red Bull abriu as inscrições para o programa Red Bull Basement, plataforma que incentiva os estudantes a criarem soluções que usam a tecnologia para melhorar a vida universitária. A iniciativa tem como objetivo romper barreiras da inovação com universitários, sem que eles esperem até a formatura para pensar soluções e negócios que tragam um impacto positivo para a sociedade.

O programa da Red Bull é aberto a todos os estudantes universitários brasileiros com 18 anos ou mais, e as inscrições estão disponíveis até o dia 25 de outubro pelo site. Lá, os interessados devem enviar um vídeo, em inglês ou com legendas, de até 60 segundos detalhando uma ideia para solucionar alguma questão ou problema, como questões de acessibilidade, empoderamento e saneamento.

No dia 26 de outubro, será feita uma votação e os projetos mais votados de cada país chegarão a um painel de jurados, que será responsável por escolher a melhor ideia para representar cada país, com base na criatividade, na viabilidade e no impacto. A equipe de finalistas de cada país desenvolverá sua ideia com a ajuda da rede Red Bull Basement, incluindo um programa de mentoria, acesso a um espaço de trabalho e microfinanciamento antes de um encontro e workshop global com todos os vencedores.

Para que os alunos desenvolvam suas ideias, o programa possui recursos como mentores, workshops, eventos de networking e outras iniciativas, que podem ser tanto online quanto nos campi participantes. Todas as atividades são direcionadas a um encontro dos selecionados, o Workshop Global Red Bull Basement 2020, onde líderes, empresários e visionários de todo o mundo apoiarão universitários de mais de 35 países a dar vida às suas ideias.

Nas edições passadas, os workshops globais foram realizados em Berlim (2018) e Toronto (2019). Por conta da pandemia do novo coronavírus, o formato deste ano será revelado em breve, mas o evento está programado para ocorrer de 10 a 13 de dezembro, com um pitch final para os juízes. 

Em 2019, o projeto "Minha Jornada TCC", de Ketlen Komorek e Tiago Hermano, de Goiás, foi o vencedor nacional. A ideia, que foi à votação popular no site e passou pela escolha de especialistas da Red Bull diante de mais de 100 projetos de todo o País, foi apresentada na conferência mundial em Toronto, no Canadá.

Duas outras soluções inovadoras que já passaram pela residência empreendedora do Red Bull Basement são a Compost.ela e a Organic Life, que têm como mote o tratamento do lixo orgânico. A Compost.ela propunha uma composteira elétrica dompéstica, enquanto a Organic Life é um biodigestor que usa resíduos orgânicos para produzir biogás e fertilizante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.