Mônica Bento/AE
Mônica Bento/AE

Prévia da inflação oficial acelera a 0,46% em novembro

IPCA-15 atingiu 0,46% em novembro, ante 0,42% em outubro. O indicador é a prévia do IPCA, usado pelo governo como referência para a meta inflacionária

Alessandra Saraiva, Agência Estado,

23 de novembro de 2011 | 12h46

 A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) atingiu 0,46% em novembro, ante 0,42% em outubro. O resultado, divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ficou dentro das estimativas dos analistas, que esperavam inflação entre 0,40% e 0,51%, e levemente abaixo da mediana das previsões (0,47%). Em 2011, o IPCA-15 acumula alta de 5,96% e, nos 12 meses encerrados em novembro, aumento de 6,69%.

De outubro para novembro, os preços dos alimentos voltaram a apresentar aceleração (de 0,52% para 0,77%), exercendo impacto de 0,18 ponto porcentual sobre o índice do mês. Entre os destaques de aumentos estão batata inglesa (12,43%), café moído (3,13%), tomate (3%), frutas (1,50%), carnes (1,30%) e refeição fora de casa (0,75%).

Para o cálculo do IPCA-15, os preços foram coletados de 14 de outubro a 12 de novembro e comparados com os vigentes de 14 de setembro a 13 de outubro de 2011. O indicador é a prévia do IPCA, usado pelo governo como referência para a meta inflacionária.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Tudo o que sabemos sobre:
InflaçãoEconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.