Alex Silva/Estadão - 25/08/2020
Alex Silva/Estadão - 25/08/2020

PretaHub e XP oferecem educação financeira a empreendedores negros e indígenas

Programa Afrolab Preta Poupa terá imersão de seis dias e ciclo de mentorias para cem pessoas; inscrições vão até 31 de julho

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de julho de 2022 | 12h35

Para fomentar o empreendedorismo diverso, o hub de aceleração PretaHub se une à XP em um programa de educação financeira a donos de negócios negros e indígenas. Chamado de Afrolab Preta Poupa, o programa é composto por uma imersão online de seis dias e um ciclo de mentoria a fim de apoiar, promover e impulsionar os negócios conduzidos por esses públicos.

A iniciativa é uma jornada de aceleração que vai selecionar 100 empreendedores de todo o Brasil, que serão igualmente divididos em duas turmas: a primeira de 29 de julho a 5 de agosto, e a segunda de 12 a 19 de agosto. As inscrições estão abertas até o dia 31 de julho por meio deste link.

As pessoas selecionadas vão acessar os conteúdos em uma plataforma digital, participar de salas ao vivo, de grupos de interação e receber atendimentos individuais. Para se candidatar, os interessados precisam apenas estar à frente de negócios já estabelecidos no mercado.

O conteúdo do Afrolab Preta Poupa envolve educação empreendedora e financeira, passando por gestão financeira pessoal e planejamento financeiro do negócio. Todo o suporte e capacitação se dá por uma metodologia própria desenvolvida por especialistas em educação financeira da XP e profissionais financeiros do ecossistema da PretaHub.

Além disso, os participantes terão acesso a conteúdos diversos, como e-book com dicas para uma gestão mais assertiva do negócio, podcast e websérie sobre temas que permeiam o ecossistema financeiro, e o Preta Poupa Fest (festival de conteúdos), que contará com conversas e workshops com influenciadores especialistas tanto do mercado financeiro como do empreendedorismo.

Cada empreendedor também receberá acompanhamento dos profissionais das áreas jurídica, contábil, comunicação, marketing e psicologia do PretaHub. “Levamos toda a nossa expertise no mercado financeiro para potencializar o afroempreendedorismo e a empregabilidade no País, além de democratizar o acesso à educação financeira”, comenta Ana K Melo, líder da área de diversidade e inclusão da XP.

Adriana Barbosa, CEO da PretaHub e fundadora da Feira Preta, diz que a jornada tem uma perspectiva de saúde, educação e gestão financeira. “O programa prevê troca de experiência, saberes e o conhecimento técnico e empírico por meio de diálogos e processos de aprendizados mútuos, com propósito de influenciar na tomada de decisão para atingir os objetivos desejados”, diz.

Quer debater assuntos de Carreira e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digite @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.