Robson Fernandes/AE
Robson Fernandes/AE

Pré-datado eleva emissão de cheque sem fundos em novembro

Segundo Serasa Experian, volume de cheques sem fundos subiu de 1,92% do total emitido no País em outubro para 2,19% em novembro

Agência Estado,

19 de dezembro de 2011 | 11h38

 O volume de cheques sem fundos subiu de 1,92% do total emitido no País em outubro para 2,19% em novembro, de acordo com indicador divulgado pela empresa de informações econômicas Serasa Experian. Os economistas da empresa atribuem o aumento às compras para o Dia da Criança parceladas com pré-datados. O descontrole do consumidor, avaliam os economistas em nota divulgada pela Serasa, normalmente faz com que novembro registre uma quantidade maior de cheques sem fundos em relação a outubro.

Na comparação com novembro de 2010, a taxa subiu 1,68%. O volume de cheques sem fundos também cresceu no acumulado do ano. De janeiro a novembro, houve 1,95% de devoluções. No mesmo período de 2010, o nível registrado foi de 1,77%.

De janeiro a novembro, Roraima liderou o ranking dos Estados com maiores porcentuais de cheques devolvidos, com 12,31%. São Paulo registrou o menor número: 1,45%. Entre as regiões, a Norte ficou em primeiro lugar, com 4,15%. Já a região Sudeste teve o menor nível de cheques devolvidos: 1,56%.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Tudo o que sabemos sobre:
EconomiaChequeInapimplência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.