Prazo para compensação de cheques passa a ser igual em todo Brasil

Valores inferiores a R$ 299,99 serão transferidos para a conta do cliente em até dois dias úteis

Estadão PME,

18 de julho de 2011 | 13h46

O prazo para compensação de cheques passará a ser de dois dias úteis para valores inferiores a R$ 299,99 e de um dia útil quando o valor passar de R$300,00. A alteração passa a valer a partir de terça-feira (19). Antes , os prazos eram de quatro e dois dias, respectivamente.  Em ambos os casos o prazo menor irá vigorar em todo o território nacional, acabando com as diferenças regionais.

O prazo menor no processo de compensação estava previsto desde 20 de maio, quando os bancos começaram a operar a Compensação Digital por Imagem. O projeto começou a ser desenvolvido em 2009 pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e bancos associados. 

De acordo com a Febraban,  com a eliminação do trajeto físico do cheque, as possibilidades de clonagem, extravio, perdas e roubo são minimizadas. O outro ganho, segundo a federação, é ambiental. O benefício contribuirá  para a redução expressiva de emissões de CO2 na atmosfera.

Tudo o que sabemos sobre:
BancosServiços

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.