Divulgação
Divulgação

Prancha com motor elétrico para água com autonomia de seis horas é aposta de empresa

ElectraFin é utililizado em caiaques, longboards e stand-up paddles

Estadão PME,

12 de fevereiro de 2014 | 06h40

 Uma empresa de Seattle, nos Estados Unidos, está pedindo ajuda pelo Indiegogo para financiar um projeto de três anos. O ElectraFin é um motor elétrico recarregável para uso aquático. Ele pode equipar caiaques e stand-up paddles, aquelas pranchas de ficar em pé que estão na moda nos últimos anos.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A bateria de lítio do ElectraFin pesa aproximadamente três quilos, e armazana energia o suficiente para seis horas em uso. O recarregamento leva aproximadamente três horas. Sua instalação não exige ferramentas, ele é preso por alças e presilhas. O ligamento e desligamento do motor é feito por um controle wireless que fica preso a uma alça e pode ser usado no pulso. Além disso, a Current Drives desenvolveu um paddle inflável que suporta o motor elétrico. 

As novidades não são exatamente baratas. O motor custa ao menos US$ 850, e o paddle US$ 750.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.