Pontualidade de pagamento de MPEs cai pelo quarto mês seguido

Segundo Serasa Experian, a cada mil pagamentos 951 foram quitados à vista

Estadão PME,

22 de julho de 2011 | 11h43

A pontualidade de pagamento das micro e pequenas empresas atingiu 95,1% em junho de 2011. De acordo com a Serasa Experian, o dado indica que durante o mês passado, a cada 1000 pagamentos realizados, 951 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. Na comparação com o mesmo mês em 2010 foi registrado um recuou 0,3% — o que representa a quarta queda consecutiva do indicador.

A pontualidade de pagamentos no acumulado do primeiro semestre do ano ficou em 94,7%, exatamente como no mesmo período do ano passado. De acordo com os economistas da Serasa Experian, a alta dos juros e o consequente aperto nas condições de crédito estão produzindo efeitos adversos sobre o custo financeiro e o caixa das micro e pequenas empresas, afetando negativamente a pontualidade de pagamentos junto aos seus credores, financeiros e operacionais.

Em junho deste ano,  em comparação com o mesmo período de 2010, as maiores quedas interanuais na pontualidade de pagamento ocorreram nas micro e pequenas empresas industriais (recuo de 0,5 %) e de serviços (queda de 0,7%). No entanto,  nas micro empresas do setor comercial houve elevação de 0,1 % de pagamento em junho.

O valor médio dos pagamentos efetuados pontualmente pelas micro e pequenas empresas durante o mês de junho atingiu R$ 1.654,59, o que representa um recuo de 4,9% em relação ao verificado em maio.

Tudo o que sabemos sobre:
CréditoInadimplênciaPagamentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.